Roger diz que cobranças por jejum 'não são injustas', mas pede apoio da torcida

Gazeta Press
Edu Andrade/Fatopress/Gazeta Press
Roger pediu apoio do torcedor gremista
Roger pediu apoio do torcedor gremista

É justo cobrar os atuais profissionais do Grêmio pelos 15 anos sem conquistas nacionais e internacionais? Para o técnico gremista Roger Machado, sim.

"Não tem nada de injusto. Um clube grande não pode ficar tanto tempo sem títulos importantes. A cobrança é genuína, e eu sou responsável também", declarou o treinador.

Em entrevista coletiva na tarde de ontem, o capitão Maicon afirmou que os jogadores "carregam o peso" desses 15 anos sem títulos importantes, mas que o grupo estava tranquilo com isso. Para Roger, o apoio do torcedor vai ser fundamental para a vitória contra o Rosario Central.

"É jogo de decisão. Ninguém imagina que vamos jogar contra um adversário que se classificou bem e fazer escore. Qualquer vantagem é vantagem. Temos que fazer um jogo seguro. O apoio do torcedor deve ser um elemento importante para remobilizar o time", disse Roger, referindo-se à eliminação conta o Juventude.

Sobre a bola aérea, considerada um dos maiores problemas do Grêmio na temporada - foram 12 gols sofridos em 2016 - Roger admite que não conseguirá treinar no campo para resolver esse problema, uma vez que os jogadores fizeram recuperação nesta terça-feira.

"Hoje os caras não foram para campo. A bola aérea também é concentração e imposição física, do goleiro, dos zagueiros, dos volantes e dos laterais para evitar os rebotes e que a bola volte para a área. Tomamos 12 gols, mas foram gols distintos. O mais importante é imposição e concentração", disse Roger.

Comentários

Roger diz que cobranças por jejum 'não são injustas', mas pede apoio da torcida

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.