Jon Jones volta sem show, mas domina St. Preux e agora é campeão interino

ESPN.com.br
Jon Jones vence St. Preux e é campeão interino do UFC; veja!

Senhoras e senhores, Jon Jones está de volta.

Tudo bem, o show ficou longe do que todos esperavam. Mas o resultado final foi o mesmo de sempre, como se ele nunca tivesse saído. Foram 477 dias de ausência, com diversos problemas (drogas, fuga de acidente, detenção, infrações de trânsito...) , mas o ex-campeão seguiu dominante. Ovince St. Preux até conseguiu surpreender a todos e equilibrar as coisas, mas só até onde o gás de três semanas de preparação durou. No fim, Bones acabou vitorioso na decisão unânime dos jurados (50-44, 50-45 e 50-45).

E a cena final acabou sendo a mesma de sempre, com Jon Jones mais uma vez recebendo o cinturão. A única diferença é que, desta vez, o título é interino. O oficial pertence ao seu próximo rival, Daniel Cormier. Os dois deveriam se enfrentar já nesta noite, mas uma lesão de Cormier adiou o duelo, que agora tem tudo para acontecer no histórico UFC 200.

"Não é esse cinturão que eu quero. Quero o cinturão de verdade", disse.

"Fisicamente me sinto muito bem, tenho mais uns dois rounds se precisasse. Mas foi apenas 20% da técnica. Me desculpem, mas eu dei meu máximo aqui hoje. Tinha muitas dúvidas, mas senti muita confiança. E eu precisava dessa luta. Vou voltar aos treinos na terça ou na quarta, voltar à estratégia original", completou em outra resposta.

Neste fim de semana, Jones só não conseguiu dar o show de sempre. O ex-campeão se mostrou bem cauteloso durante todos os 25 minutos. Até controlou o centro do octógono e a distância, mas ficou bem longe de mostrar a agressividade que lhe é características.

A vitória começou quase que completamente baseada nas pernas, com chutes e pisões. Nos dois últimos rounds, Jones ainda colocou em cena suas tradicionais quedas, arremessando St. Preux para todos os lados no octógono. Não foi perfeito, mas serviu para garantir um retorno triunfal. 

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO UFC 197

CARD PRINCIPAL:
Título interino dos meio-pesados: Jon Jones-EUA venceu Ovince St. Preux-HAI por decisão unânime (50-44, 50-45 e 50-45)
Título dos moscas: Demetrious Johnson-EUA nocauteou Henry Cejudo-EUA aos 2'49 do 1º round
Peso leve: Edson Barboza-BRA venceu Anthony Pettis-EUA por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Peso médio: Robert Whittaker-NZL vence Rafael Sapo-BRA por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)

Peso pena: Yair Rodríguez-MEX vence Andre Fili-EUA por nocaute aos 2min15 do 2º round

CARD PRELIMINAR:
Peso mosca: Sergio Pettis-EUA venceu Chris Kelades-CAN por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-27)
Peso meio-médio: Danny Roberts-ING venceu Dominique Steele-EUA por decisão unânime (29-28, 29-28 e 29-28)
Peso galo feminino: Carla Esparza-EUA venceu Juliana Lima-BRA por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-27)
Peso leve: James Vick-EUA venceu Glaico França-BRA por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

Peso pesado: Walt Harris-EUA vence Cody East-EUA por nocaute técnico aos 4min18 do 1º round
Peso meio-pesado: Marcos Pezão-BRA venceu Clint Hester-EUA por finalização (katagatame) aos 4min35 do 1º round
Peso leve: Kevin Lee-EUA venceu Efrain Escudero-MEX por decisão unânime (29 a 28, 29 a 28 e 29 a 28)

Comentários

Jon Jones volta sem show, mas domina St. Preux e agora é campeão interino

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.