Após 4 meses no cargo, Gary Neville é demitido do Valencia

ESPN.com.br
Getty
Gary Neville havia sido contratado no começo de dezembro de 2015
Gary Neville havia sido contratado no começo de dezembro de 2015

Gary Neville não é mais o técnico do Valencia. O clube anunciou a demissão do treinador nesta quarta-feira, pouco menos do que quatro meses depois de ter sido contratado para o cargo. Em 28 jogos à frente da equipe espanhola, foram dez vitórias, sete empates e 11 derrotas.

"Quero agradecer ao Valencia, à comissão técnica, aos funcionários e aos jogadores. Gostaria de continuar o trabalho que comecei, mas entendo que estamos em um negócio baseado em resultados e, nos 28 jogos, estes não foram do nível que me exijo e o que o clube requer", afirmou o inglês, que teve sua primeira experiência como técnico principal.

Desde que pendurou as chuteiras, o ex-jogador de 40 anos, que defendeu o Manchester United em toda sua carreira, já trabalhou como comentarista esportivo da emissora Sky Sports e também como colunista do jornal Daily Telegraph. Desde 2012, ele é assistente do treinador da seleção inglesa, Roy Hodgson.

No lugar de Neville, o Valencia anunciou que Pako Ayestarán, que foi contratado em fevereiro como auxiliar, comandará a equipe interinamente até o fim da temporada.

O Valencia ocupa atualmente a 14ª colocação do Campeonato Espanhol com 34 pontos, seis a mais do que o Getafe, o primeiro time na zona de rebaixamento. Neste mês, o clube foi eliminado nas oitavas de final da Liga Europa pelo Athletic Bilbao.

Comentários

Após 4 meses no cargo, Gary Neville é demitido do Valencia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.