Sem 'pacto de silêncio', torcida vê seleção, mas protesta: 'humildade' e '7 a 1'

Rafael Valente, de São Lourenço da Mata (PE), para o ESPN.com.br
Rafael Valente/ESPN.com.br
Seleção faz treino na Arena Pernambuco, palco do jogo com o Uruguai
Seleção faz treino na Arena Pernambuco, palco do jogo com o Uruguai

Os torcedores que acompanharam o treinamento da seleção brasileira nesta sexta-feira, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, puderam se manifestar sem qualquer restrição, diferentemente do que ocorreu em Teresópolis, no Rio de Janeiro, quando os torcedores que assistiram as atividades na Granja Comary tiveram de fazer um "pacto de silêncio" com a CBF para não atrapalhar o trabalho em campo do técnico Dunga.

Dessa vez não faltaram gritos "Neymar" e "David Luiz", os alvos preferidos das torcedoras femininas. Mesmko Dunga ouviu gritos de "lindo" de algumas fãs. Mas, irritados por serem ignorados pelos jogadores no estádio, eles mudaram o tom no final da atividade.

Os torcedores chegaram a gritaram "vergonha", "humildade" e "7 a 1". Até gritos de "Uruguai" foram mencionandos na Arena Pernambuco.

Tanto esforço foi coroado. O meia Willian, do Chelsea,foi até os torcedores e chutou uma bola para eles. Depois David Luiz, do Paris Saint-Germain, fez o mesmo. Ainda deram autográfos.

Neymar exalta qualidade de convocados: 'Muitos que podem fazer a diferença'

FESTA E PROVOCAÇÃO

Parte dos cerca de cem presentes ainda homenagearam o Sport, um dos clubes mais populares do Estado, com o tradicional grito de guerra "Cazá, Cazá, Cazá" - os outros torcedores vaiaram a manifestação dos rubro-negros.

Os presentes não chegaram a ver um ensaio do time que deve ser escalado para enfrentar o Uruguai, nesta sexta-feira, às 21h45 (de Brasília), pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A primeira parte do treino foi fechada e, ao entrar em campo, os torcedores assistiram um treino recreativo, com membros da comissão técnica em campo.

O ex-zagueiro Lúcio, campeão do mundo em 2002 e auxiliar técnico convidado, esteve em campo e chegou até dar um passe para Miranda, o xerifão de Dunga, marcar um gol.

Ao final da atividade, os torcedores assistiram alguns jogadores treinarem finalizações, entre os quais Willian, Oscar, Lucas Lima, Neymar e David Luiz. Os goleiros Alisson e Marcelo Grohe revezaram nas defesas durante a atividade.

Mesmo com a tentativa de fazer mistério, o possível time titular de Dunga deve ser escalado com Alisson; Daniel Alves, David Luiz, Miranda e Filipe Luis; Luzi Gustavo, Fernandinho e Renato Augusto; Willian, Neymar e Douglas Costa.

Comentários

Sem 'pacto de silêncio', torcida vê seleção, mas protesta: 'humildade' e '7 a 1'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.