Construtora vê descuido do Palmeiras por ter que 'esconder' Allianz Parque na Libertadores

Gazeta Press
Gazeta Press
Allianz Parque, com o nome da marca escondido
Allianz Parque, com o nome da marca escondido

Para viabilizar os jogos do Palmeiras em casa durante a Copa Libertadores, a WTorre precisou disfarçar a marca da Allianz, empresa que adquiriu o direito de nomear a arena temporariamente. Na visão da construtora, a polêmica em torno da questão é resultado de um descuido do clube.

Para privilegiar os próprios patrocinadores, a Conmebol impede que as agremiações exibam as marcas de seus apoiadores nos estádios durante o torneio continental. Após certa relutância, a WTorre, respaldada pela Allianz, aceitou disfarçar o logo da empresa nos locais com maior visibilidade para as câmeras de televisão.

"O grande fator positivo desse episódio foi a compreensão da Allianz, que entendeu a necessidade. O ponto negativo é o Palmeiras assinar um regulamento que contraria um contrato firmado conosco em 2008", afirmou Rogério Dezembro, presidente da WTorre Entretenimento.

A imposição da Conmebol veio a público por meio da imprensa nos dias que antecederam o confronto entre Palmeiras e Rosario Central, realizado em 3 de março. Até a decisão da WTorre, a torcida chegou a temer a possibilidade de ver a partida ser realizada fora do Palestra Itália.

"O clube precisaria ter tomado um pouco mais de cuidado ou no mínimo ter nos avisado com maior antecedência, porque imagino que não tenha assinado o regulamento da competição às vésperas da partida, quando fomos informados", declarou o executivo da WTorre.

Com as placas publicitárias devidamente adaptadas para cumprir o regulamento da Conmebol, o Palmeiras, atualmente em litígio com a WTorre, disputou as partidas contra Rosario Central e Nacional pela Copa Libertadores normalmente no Estádio Palestra Itália.

"O Palmeiras está aprendendo a lidar com um equipamento novo, com compromissos de patrocínio e naming rights. Mas faltou um pouco de cuidado em pensar: Vamos ver se isso eventualmente fere algum dos compromissos que temos? É algo contrários aos interesses do próprio clube, que recebe um percentual dos naming rights", disse Dezembro.

Com quatro pontos ganhos, o Palmeiras ocupa a terceira colocação do grupo 2 da Copa Libertadores. Em seu último jogo na fase de classificação do torneio continental, com as placas publicitárias adaptadas, o time alviverde recebe o River Plate-URU no dia 14 de abril.

Comentários

Construtora vê descuido do Palmeiras por ter que 'esconder' Allianz Parque na Libertadores

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.