Atlético-MG faz três no Colo-Colo no Horto e fica a um ponto das oitavas da Libertadores

ESPN.com.br
Getty
Cazares comemora gol na vitória do Atlético-MG sobre o Colo-Colo
Cazares comemora gol na vitória do Atlético-MG sobre o Colo-Colo

O Atlético-MG está muito próximo de assegurar uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, a equipe bateu o Colo-Colo-CHI no Independência por 3 a 0, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da competição continental.

Cazares, com apenas um minuto de jogo, Patric e Hyuri garantiram a vitória da equipe brasileira.

Com o placar, os comandados de Diego Aguirre são líderes do grupo 5, com 10 pontos. O Independiente del Valle-EQU está na segunda posição com sete, enquanto o Colo-Colo-CHI tem cinco. O Melgar-PER, zerado, é o lanterna.

Assim, o Atlético só precisa de um ponto nos próximos dois jogos para se classificar - a equipe enfrentará o Del Valle-EQU fora e o Melgar-PER em casa. Equatorianos e chilenos, que ainda podem avançar, se enfrentam na última rodada.

70 segundos e...gol!

Não foi necessário mais do que 70 segundos para o estádio se incendiar ainda mais. Na primeira jogada ofensiva do Atlético, Cazares recebeu de Patric na entrada da área, deu o drible curto e chutou firme para fazer 1 a 0.

O placar só não foi ampliado aos 8 minutos porque a arbitragem deu impedimento inexistente de Lucas Pratto - o centroavante estava em posição legal.

colo-colo-CHI exposto... e sem ameaçar de fato

O gol sofrido logo no começo obrigou o time chileno a se expor logo nos minutos iniciais. O Atlético-MG, então, passou a aproveitar os espaços a partir de saídas rápidas e fazer a pressão no campo de ataque quando possível.

Os passes nas costas da defesa da equipe chilena e a aposta na velocidade funcionaram. Patric, Marcos Rocha e Luan - em chance claríssima - não conseguiram ampliar, no entanto.

Mais calmo, o time chileno começou a tocar a bola e encontrar alguns espaços no campo de ataque a partir dos 25 minutos. Mas nada que ameaçasse de fato a meta defendida por Giovanni, substituto de Victor, que passou por artroscopia e deve voltar apenas em maio.

gol DE PATRIC!

E justamente quando o jogo parecia mais equilibrado, o Atlético-MG fez o segundo. Após erro do adversário, Patric aproveitou a sobra dentro da área e chutou forte. A bola bateu no travessão e pingou dentro do gol: 2 a 0 no fim do primeiro tempo. 

Getty
Patric comemora gol na vitória do Atlético-MG sobre o Colo-Colo
Patric comemora gol na vitória do Atlético-MG sobre o Colo-Colo

salva, giovanni!

Se o Atlético-MG começou pressionando na primeira etapa, a equipe chilena voltou a todo vapor para o segundo tempo. Com apenas 40 segundos, Delgado recebeu cruzamento de Fierro e cabeceou. Giovanni caiu e fez ótima defesa. O arqueiro ainda fez mais uma importante intervenção aos nove minutos, quando Delgado chutou e ele saiu para fazer outra defesa. 

O time brasileiro conseguiu matar o jogo aos 28 minutos. Júnior Urso deu lindo lançamento. Hyuri dominou e bateu firme da entrada da área para fazer o terceiro

agenda

O Atlético-MG volta a campo pela Libertadores apenas no dia 6 de abril, quando enfrentará o Independiente del Valle, fora de casa. No próximo domingo, o time enfrentará o Tupi pelo Mineiro.

O Colo-Colo-CHI irá entrar em campo pelo torneio continental no dia 7 de abril, quando irá encarar o Melgar, fora de casa. No próximo domingo, a equipe enfrenta a Universidad de Chile, pelo Campeonato Chileno.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 3 X 0 COLO-COLO-CHI

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 16 de março de 2016 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Elbis Gomez (VEN)
Cartões Amarelos: Rafael Carioca e Luan (Atlético-MG); Julio Barroso, Jean Beausejour e Esteban Pavez (Colo-Colo)

GOLS: Cazares com 1 minuto e Patric aos 44 minutos do primeiro tempo; Hyuri aos 27 minutos do segundo tempo

Atlético-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso, Cazares (Robinho) e Luan (Eduardo); Patric (Hyuri) e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre

Colo-Colo: Justo Villar; Gonzalo Fierro, Julio, Barroso, Claudio Baeza e Jean Beausejour; Esteban Pavez, Jorge Araya e Jaime Valdés (Javier Reina); Martín Tonso (Andrés Vilches), Martín Rodríguez e Juan Delgado. Técnico: José Luís Sierra

Comentários

Atlético-MG faz três no Colo-Colo no Horto e fica a um ponto das oitavas da Libertadores

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.