Apesar de feliz com vitória, Prass diz que má fase causou sufoco: 'Não temos tranquilidade'

ESPN.com.br
Prass explica tática que adotou para defender o pênalti e diz que Palmeiras 'soube sofrer'

Herói na vitória do Palmeiras sobre o Rosario Central-ARG, por 2 a 0, Fernando Prass foi cauteloso ao falar sobre o resultado da noite desta quinta-feira (3). O goleiro, que defendeu um pênalti e evitou várias chances dos argentinos, comemorou os três pontos, mas destacou o sufoco que o time alviverde tomou no gramado do Allianz Parque.

De acordo com Prass, o Palmeiras foi duramente pressionado devido ao mau momento que vive dentro de campo.

"Sofrido. Primeiro tempo bom, segundo ruim. Fomos sufocados de maneira incrível Precisávamos de uma vitória assim para tirar o peso das costas e acertar. O importante hoje era vencer. Eu ainda acho que o fundamental (para o sufoco) foi nossa postura. Não tivemos tranquilidade. Toda a pressão de não estar vencendo. Pesa isso. Tínhamos a chance de parar a bola, mas nos livrávamos", disse à Fox Sports.

"Esse grupo não é de ficar indiferente. Tem o lado bom e ruim. Às vezes sente o ambiente. Ficamos uma hora e meia depois do último jogo discutindo. Essa indiferença que não temos refletiu em campo", aumentou.

'O Palmeiras tomou uma pressão impressionante', diz Antero 

Prass também comentou a defesa no pênalti cobrado por Ruben, que poderia ter empatado a partida. O goleiro dividiu os méritos do lance com a equipe que analisa os adversários antes dos jogos.

"Tem o trabalho fora de campo, uma equipe que trabalha muito. Recebemos vídeos dos pênaltis adversários. Tinha pênaltis dele em vários times", completou.

Comentários

Apesar de feliz com vitória, Prass diz que má fase causou sufoco: 'Não temos tranquilidade'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.