Palmeiras segue recomendação da Conmebol e 'maquia' patrocinadores

José Edgar de Matos, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Gazeta Press
Allianz não teve sua marca divulgada no jogo desta quinta-feira
Allianz não teve sua marca divulgada no jogo desta quinta-feira

A ordem da Conmebol foi cumprida. Na noite desta quinta-feira, o Palmeiras escondeu o nome da empresa que possui os naming rights da arena. No primeiro nível do Allianz Parque, apenas um desenho em alusão ao estádio estampa os acessos às cadeiras inferiores do novo estádio do clube alviverde.

O túnel dos jogadores também passou por uma mudança. Ao invés da marca Allianz, os principais patrocinadores da confederação sul-americana exibiram os seus logos.

O acesso dos jogadores ao gramado ocorrerá em uma armação inflável, assim como já visto na Arena Corinthians na última quarta.

A Conmebol, por contrato, proíbe outras marcas, se não as patrocinadoras da Copa Libertadores, de exibirem suas marcas. Desta forma, apenas o logotipo da detentora dos naming rights estão expostos no térreo da arena.

A ação, no entanto, não limou todas as referências ao Allianz Parque dentro do estádio. O segundo andar da Arena e o nome estampado na cobertura seguiram visíveis. No entanto, a transmissão da televisão não atinge estes pontos.

A WTorre, responsável pela construção do estádio, e o Palmeiras sofream a ameaça de o Allianz Parque ser vetado na Copa Libertadores em virtude da propaganda dentro do estádio. A Conmebol bateu o pé, e o clube de Palestra Itália precisou ceder para ter a sua casa no torneio sul-americano.

Comentários

Palmeiras segue recomendação da Conmebol e 'maquia' patrocinadores

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.