Com Bauza, São Paulo deixa de ser 'bonzinho' e vira time que mais bate no Paulista

ESPN.com.br
Gazeta Press
Paulo Henrique Ganso São Paulo Novorizontino Campeonato Paulista Futebol Gazeta Press 24/02/2016
Time é o que, em média, mais faltas faz no Campeonato Paulista

A ideia antiga de que o São Paulo é conhecido por ser um time "bonzinho" ficou para trás com a chegada de Edgardo Bauza. Ao contrário, com o argentino comandando a equipe do Morumbi, ela virou a que, em média, mais "bate" no Campeonato Paulista.

Segundo dados do site especializado em estatísiticas Footstats, o "Tricolor" já fez 96 faltas nos cinco jogos que disputou até aqui no Estadual, obtendo uma média de 19,2 por partida. O segundo mais faltoso é o Botafogo, com 17,8 infrações por partida. Os outros grandes ficam bem atrás: 14,5 para o Palmeiras, 12,8 para o Corinthians e 12,0 para o Santos.

Para se ter uma ideia da mudança de postura em campo na marcação, basta olhar os números da última temporada do Paulistão. Nas 17 partidas que realizou - chegou até a semifinal e foi eliminado pelo campeão Santos -, o São Paulo, de Muricy Ramalho e, posteriormente, Milton Cruz, fez 249 faltas (média de 14,6).

Na ocasião, a equipe paulistana foi apenas a nona a cometer mais infrações, atrás de Palmeiras (343), Ituano (286), Santos (286), Ponte Preta (275), Botafogo (266), Corinthians (257), Rio Claro (251) e XV de Piracicaba (249).

E o São Paulo do argentino mostra que "sabe bater". Apesar do alto número de faltas, o time não teve jogadores expulsos e foi um dos menos advertidos com amarelos (10).

Quem pode contribuir ainda mais com o aumento desse número no fim de semana é Lugano. O uruguaio foi escalado como titular no treinamento desta sexta-feira por Edgardo Bauza e deve fazer dupla de zaga com Maicon, recém-contratado junto ao Porto-POR.

Após atuar com o time reserva diante do Novorizontino, o argentino pretende colocar força máxima para enfrentar a Ponte Preta, neste sábado, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Já o time do interior paulista, que finalmente conquistou sua primeira vitória no Estadual na última jornada, contra o Audax, fora de casa, por 3 a 1, terá problemas. Falando em faltas, cartões e suspensões, o técnico Alexandre Gallo tem problemas para escalar sua equipe. Mais uma vez, o atacante Wellington Paulista não poderá jogar por conta do acúmulo de cartões amarelos.

Alexandro deve entrar em seu lugar e ser a única mudança da equipe titular em relação à que entrou em campo em Osasco, na última rodada, já que Reinaldo, mesmo emprestado pela equipe do Morumbi, está liberado para enfrentar o ex-clube.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SÃO PAULO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 27 de fevereiro de 2016, sábado
Horário: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Luis Alexandre Nilsen (ambos SP)

PONTE PRETA: João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Tiago Alves e Reinaldo; Jonas, Elton e Rhayner; Clayson, Felipe Azevedo e Alexandro.
Técnico: Alexandre Gallo

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Lugano e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Wesley, Ganso e Michel Bastos; Calleri.
Técnico: Edgardo Bauza

Comentários

Com Bauza, São Paulo deixa de ser 'bonzinho' e vira time que mais bate no Paulista

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.