Criança afegã que comoveu o mundo ganha camisetas assinadas por Messi

ESPN.com.br
Divulgação
Murtaza Ahmadi, 5, ganhou duas camisas da Argentina autografadas por Lionel Messi
Murtaza Ahmadi, 5, ganhou duas camisas da Argentina autografadas por Lionel Messi

Murtaza Ahmadi, de cinco anos, já se tornou uma das personalidades de 2016 ao ser fotografado jogando futebol com uma "camisa" da seleção argentina feita de saco plástico, levando o número 10 e o sobrenome Messi às costas.

Nesta quinta-feira, porém, a criança afegã realizou parte de seu sonho: através do Unicef, ele recebeu duas camisetas autografadas pelo craque argentino, nas quais escreveu "com muito amor", em espanhol, nas duas. Existiu por parte dele, porém, a decepção por não encontrar seu ídolo, segundo o pai do menino.

"Murtaza tem a verdade agora! Leo Messi ajudou a tornar seu sonho realidade e deu a ele camisas assinadas e uma bola de futebol", escreveu no Twitter a conta da entidade no Afeganistão.

"Murtaza não para de sorrir. Ele fica repetindo: eu amo Messi", afirmou Denise Shepherd-Johnson, porta-voz da Unicef no país asiático, à AFP.

Embora tenha ficado "muito contente" ao receber uma camisa do Barcelona, outra da Argentina e uma bola, o garoto, de 5 anos, ficou um pouco decepcionado ao ver que o ídolo não estava na entrega dos presentes, explicou à Agência Efe seu pai, Arif Ahmadi.

"Murtaza achava que hoje conheceria Messi, mas desde que percebeu que só tinham enviado as camisas e uma bola está triste e pedindo para conhecer Messi pessoalmente", comentou.

De acordo com o pai do menino, há cerca de um mês toda a família se mudou de uma remota aldeia da província de Ghazni (sudeste) para a capital Cabul, de modo que Murtaza pudesse realizar o sonho de conhecer com o argentino, mas o encontro ainda não aconteceu.

"O Unicef nos disse que esperássemos o encontro de Mustaza com Messi, mas ainda não sabemos quando eles se conhecerão", informou Arif.

A Federação Afegã de Futebol (AFF) confirmou no fim de janeiro que trabalhava para marcar uma reunião com o jogador argentino do Barcelona.

As imagens do menino vestido com uma sacola plástica com listras verticais azuis e brancas, como a da seleção argentina, e o nome de Messi junto ao número 10 correram o mundo em janeiro.

Ele pertence à etnia hazara, minoria de origem mongol residente no Afeganistão. Fã de Messi, ele pedia há tempos por uma camisa do craque argentino. Entretanto, na vila remota onde mora não era possível comprar o item; o pai Ahmadi, então, improvisou com uma sacola plástica.

Agora, fica a expectativa para um possível encontro de Messi com seu fã afegão.

Comentários

Criança afegã que comoveu o mundo ganha camisetas assinadas por Messi

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.