Djokovic processa Governo do Rio de Janeiro por calote de R$ 650 mil

Gazeta Press
Getty
Novak Djokovic está processando o governo do Rio de Janeiro
Novak Djokovic está processando o governo do Rio de Janeiro

O tenista Novak Djokovic abriu um processo contra o Governo do Estado do Rio de Janeiro. Segundo o portal UOL, o atual número 1 do ranking mundial cobra uma dívida de R$ 650 mil relativa a seu cachê em um jogo festivo realizado contra Gustavo Kuerten, em 2012.

Para participar do evento, organizado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro e pela Secretaria de Esporte e Lazer, o sérvio teria cobrado um cachê de R$ 1,1 milhão, que foi aceito pelas duas instituições.

O pagamento foi dividido em três parcelas, porém, o jogo foi realizado antes do valor total ter sido pago. Com isso, o tenista alega, em processo aberto em dezembro de 2015, ter recebido apenas R$ 450 mil, e cobra o restante do montante, que equivale a R$ 650 mil.

Em 2014, o ex-jogador de futebol sérvio, Dejan Petkovic, chegou a cobrar publicamente a dívida do governo. A Secretaria de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro respondeu na época que o pagamento estava na programação do Governo do Estado, mas não estipulou uma data para que o montante fosse pago.

Comentários

Djokovic processa Governo do Rio de Janeiro por calote de R$ 650 mil

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.