Após ser desafiado, ex-Corinthians deixou diretor constrangido: 'Não sabia o que falar'

Leonardo Ferreira e Vladimir Bianchini, do ESPN.com.br
Michael Kienzler/Bongarts/Getty Images
Ronny atua pelo Hertha Berlin, da Alemanha, há seis anos e começou no Corinthians
Ronny atua pelo Hertha Berlin, da Alemanha, há seis anos e começou no Corinthians

Imagine que você queira muito um aumento de salário na empresa em que trabalha, faça sucessivos pedidos ao chefe e, depois de muita negociação, consiga o que quer com um desafio posterior: atingir metas importantes poucos dias depois.

Pois isso aconteceu com Ronny Heberson Furtado de Araújo, meio-campista - que atua há seis anos no Hertha Berlin, da Alemanha, com passagens por Sporting e União de Leiria, ambos de Portugal, e iniciou a carreira no Corinthians, com o técnico Tite, em 2004.

Quando sua atual equipe jogava ainda na segunda divisão alemã, há dois anos, Ronny se preparava para uma partida valendo a liderança diante do Eintracht Braunschweig em meio a um complicado negócio para renovação de seu contrato. As primeiras propostas não agradaram ao jogador e seu empresário, que batalharam para conseguirem aquilo que queriam.

"O jogo seria na segunda-feira e, desde a sexta-feira, eu dormi no hotel e estava conversando com meu empresário. Antes da preleção, faltando cinco minutos, o contrato chegou no quarto. A gente gostou, mas o diretor financeiro fez uma piada: ‘Quero ver o que ele vai fazer no jogo' (risos). Dai meu empresário disse: ‘Agora é contigo, se vira. A minha parte eu fiz' (risos). Ele deu uma pressão em mim (risos)", garagalhou o jogador de 29 anos, que é irmão do meia Raffael, destaque do Borussia Monchengladbach, também da Alemanha.

Ronny se virou e não decepcionou. Mas conseguiu deixar o dirigente bastante constrangido com a situação.

"Fomos para o jogo antes de começar, anunciaram nos alto falantes que eu tinha renovado por mais três anos, foi bem legal porque a torcida aplaudiu e tudo mais. Mais bacana é que, naquele jogo, eu meti dois gols e ganhamos de 3 a 0. Daí, na área VIP, depois do jogo, olhei para o diretor. Ele só balançou a cabeça para mim e não sabia nem o que falar, foi muito engraçado", contou.

Time em melhor fase

Gazeta Press
Ronny Abuda Wilson Corinthians Futebol Copa SP de Futebol Júnior Iraty 2005
Ronny jogou com Wilson e Abuda no Corinthians

Em quarto lugar na Bundesliga com 35 pontos, atrás apenas de Bayern de Munique, Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen, o Hertha Berlin vem surpreendendo a todos. O clube brigou para não voltar à segundona na última temporada e agora tenta uma vaga à Uefa Champions League em 2016/17.

Além da boa campanha no Nacional, o time da capital está na semifinal da Copa da Alemanha, onde terá o poderoso Dortmund pela frente.

"Foi uma mudança radical, porque caímos para a segunda (divisão) e subimos. Depois, tivemos uma fase para cair de novo, mas conseguimos manter o time. Agora as coisas estão andando da melhor forma possível. A gente está com grande expectativa porque faz tempo que o Hertha não chega numa semifinal, é um momento muito importante par a cidade e a final é sempre no nosso estádio. Nós teremos a oportunidade de jogar as partidas em casa e queremos dar alegria para a torcida", comentou.

Ronny não tem conseguido atuar muito nesta temporada. Ainda luta por um espaço entre os titulares, pois é reserva do técnico do Hertha, o húngaro Pál Dárdai.

"Eu não estou numa situação muito legal não, pois não estou sendo relacionado pras partidas. Estou trabalhado para buscar novas oportunidades na equipe", disse o meia que descarta uma possível volta ao Brasil.

"Tenho contrato com o Hertha por mais um ano e meio e apareceram umas oportunidades para sair. Meu empresário viu isso e não deu certo, mas deixo que ele resolva essa parte", concluiu.

Comentários

Após ser desafiado, ex-Corinthians deixou diretor constrangido: 'Não sabia o que falar'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.