GP de Monza corre risco de sair do calendário da Fórmula 1

Gazeta Press
Vladimir Rys/Getty Images
Esteban Gutierrez GP Monza Formula 1 F1 07/09/2014
 GP Monza pode sair do calendário da Fórmula 1

Negociações arrastadas para a manutenção do GP de Monza correm o risco de acabar definindo a saída da corrida da Itália do circuito de provas da Fórmula 1. Segundo o site Autosport, Bernie Ecclestone e os organizadores do GP já conversaram sobre melhorias no GP, mas estão longe de um acordo.

Sticchi Damiani, presidente do Automóvel Clube da Itália, chegou a revelar no ano passado que as negociações estavam avançadas e um consenso próximo de ser alcançado, garantindo a presença da corrida no calendário até 2020 ou 2023. Apesar da declaração, nada avançou sobre o negócio desde então.

Fontes informam que os oficiais responsáveis pelo circuito pedem pela melhora na qualidade das arquibancadas, desenvolvimento das áreas públicas e melhoria na estrutura do estacionamento, dificultada pela sua localização.

Sede do GP da Itália desde 1950, Monza só ficou ausente do calendário da Fórmula 1 em uma ocasião: em 1980, quando precisou passar por reformar e foi substituída por Ímola. O contrato atual se encerra em setembro deste ano, após a próxima corrida.

Comentários

GP de Monza corre risco de sair do calendário da Fórmula 1

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.