Palmeirenses cobram capricho e até vontade após segundo empate seguido

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Divulgação
Palmeiras apenas empatou com o Oeste nesta quarta-feira
Palmeiras apenas empatou com o Oeste nesta quarta-feira

Depois de empatar com o São Bento no Pacaembu, na semana passada, os jogadores do Palmeiras saíram de campo até cabisbaixos por ficarem no 0 a 0 diante do Oeste, nessa quarta-feira, em São José do Rio Preto. A avaliação é de que faltou capricho e até vontade em campo.

"Precisa ter vontade para jogar bola. Às vezes, não é só na técnica. O Palmeiras não fez um bom jogo", cobrou Cristaldo, que entrou no lugar de Barrios durante o segundo tempo e viu o argentino naturalizado paraguaio ser vaiado pelos 15 mil pagantes palmeirenses no estádio.

A análise foi mais técnica dos colegas. Dudu, que deu arrancadas, mas não conseguiu ajudar o time a balançar as redes, acredita que a equipe precisava ter mais qualidade na definição das jogadas.

Assista aos melhores momentos do empate entre Oeste e Palmeiras por 0 a 0!

"Faltou caprichar no passe, finalizar mais, terminar mais as jogadas... Paciência, é trabalhar mais para fazer bons jogos", comentou o atacante, ouvindo Lucas reclamar também do campo do estádio escolhido pelo Oeste, de Itápolis, para mandar a partida.

"Controlamos, não tomamos gols, mas não conseguimos ser um pouco mais efetivos. Até tivemos chances, mas, pelo gramado não ter as melhores condições, precisávamos botar a bola no chão para dar o passe. Não foi dessa vez...", tentou se conformar o lateral direito.