Após cavadinha em final, Tite revela cobrança em Matheus Pereira: 'Nunca mais faça isso'

ESPN.com.br
Tite aconselha garoto Matheus sobre cavadinha: 'Nunca mais erre pênalti assim'

O meia Matheus Pereira foi um dos destaques da campanha do vice-campeonato da Copa São Paulo de futebol júnior deste ano. O jovem, porém, ficou marcado por ter desperdiçado com uma ‘cavadinha' nas disputas de pênaltis e a equipe perdeu o título para o Flamengo. O técnico Tite revelou que teve uma conversa com o jogador na frente de todo elenco. O intuito foi corrigir uma postura e alertar o atleta que subiu ao time principal do Corinthians.

"Na vida a gente erra e aprende. Eu disse para ele: 'Nunca mais erre pênalti na tua vida assim. Erre igual ao Danilo ou Rodriguinho, ‘cavadinha' não é recurso técnico. Não faz mais isso, estou falando para o teu bem'. Eu disse na frente do grupo todo, porque é importante ter alguém para nos ensinar com 17 anos", explicou o treinador, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira.

O treinador corintiano demonstrou confiança em outro garoto vindo da base, o meia Maycon. Depois de conversa com seu jovem pupilo, Tite disse que o jogador surpreendeu pela maturidade e aposta no grande desempenho do atleta.

"Ele terá a confiança e a compreensão de poder errar, mas ele jogará muito bem. Ele tem rodinha no pé, um nível de concentração muito alto. Perguntei se ele poderia jogar mais atrás e me disse que não tinha problemas de posicionamento, mas teria problemas com a primeira bola. Ele tem nível de compreensão", relatou.

Mesmo sendo um dos jogadores mais experientes do elenco, o volante Cristian é um dos atletas que deverá deixar o Parque São Jorge na temporada. "O que é importante para ele esse ano é retomar ritmo, sequência de jogos. No Corinthians eu não consigo fazer isso. No ano passado, quando ele teve chance, machucou contra o Inter e ficou fora. Talvez seja duro, mas respeito", analisou.

O Corinthians enfrentará o Capivariano na Arena de Itaquera, nesta quinta-feira, às 21h, coma seguinte formação: Cássio, Edílson, Felipe, Vilson e Uendel; Willians; Romero, Maycon, Guilherme e Marlone; Danilo.