Sem aval da Uefa, Schelotto pede demissão do Palermo um mês após assumir como técnico

ESPN.com.br
Tullio M. Puglia/Getty Images
O argentino Schelotto no comando do Palermo no Italiano
O argentino Schelotto no comando do Palermo no Italiano

Durou somente um mês e cinco jogos a passagem do argentino Guillermo Barros Schelotto no Palermo. O treinador de 42 anos resolveu pedir demissão nesta quarta-feira uma vez que não conseguiu obter a licença da Uefa, documento necessário para trabalhar na Europa.

Schelotto havia sido contratado em 11 de janeiro pelo Palermo já ciente da necessidade de se submeter as normas da Uefa para poder treinar na Europa. Chegou a cogitar recorrer a Fifa, mas, segundo o clube italiano, desistiu porque a resposta poderia demorar até um ano.

Entre as exigências da Uefa, ela avalia as práticas de treinamento aplicadas e requer que o candidato  tenha trabalhado no mínimo por cinco anos em um clube profissional na primeira divisão - é preciso também que isso ocorra em um país membro da Fifa.

Schelotto foi o técnico do argentino Lanús de 26 de junho de 2012 a 27 de novembro de 2015. Dirigiu a equipe em quatro edições da primeira divisão argentina e ainda conduziu o time a conquista da Copa Sul-Americana de 2013 numa final contra a Ponte Preta.

O tempo de profissão foi considerado insuficiente pela Uefa, segundo o Palermo.

Nos cinco jogos em que comandou o Palermo, Schelotto conseguiu uma vitória (4 a 1 contra o Frosinone), dois empates (1 a 1 com o Carpi e 2 a 2 com o Sassuolo) e sofreu duas derrotas (4 a 0 para o Genoa e 2 a 0 para o Milan).

Como estava aguadardo a resposta da Uefa, o ex-jogador do Boca Juniors tinha autorização para ficar no banco de reservas, mas quem fazia o contato com os jogadores era Giovanni Tedesco, seu auxiliar no Palermo. Tedesco deve continuar no clube, 15º no Campeonato Italiano.

O próximo compromisso do Palermo será contra o Torino, neste domingo (14), em casa.

Comentários

Sem aval da Uefa, Schelotto pede demissão do Palermo um mês após assumir como técnico

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.