Com Pato na arquibancada, Chelsea fica no empate com United e reclama da arbitragem

ESPN.com.br
Assista aos gols do empate entre Chelsea e Manchester United por 1 a 1

Ainda sem condições de atuar, o ex-são-paulino Alexandre Pato esteve ao lado de sua namorada Fiorella Mattheis em Stamford Bridge neste domingo. Não dá para dizer que eles deram sorte ao Chelsea: mesmo com retrospecto recente favorável, o time comandado por Guus Hiddink teve de suar e arrancou o empate em 1 a 1 no clássico com o Manchester United somente nos acréscimos.

Os Red Devils saíram na frente com a revelação Jesse Lingard aos 15 minutos do segundo tempo.

Ele aproveitou cruzamento de Borthwick-Jackson na esquerda e ajeitada de Wayne Rooney para amortecer a bola dentro da área e virar com a perna direita para acertar o ângulo de Courtois e abrir o placar. Golaço.

Essa foi a 98ª assistência de Rooney na história da Premier League. Ele iguala o holandês Dennis Bergkamp, ex-Arsenal. Ainda mais impressionante: segundo dados do Opta, ele esteve envolvido em nove dos últimos 11 gols do United na temporada, balançando as redes cinco vezes e passando em outras quatro.

Lingard não conseguiu pôr fim, no entanto, ao jejum de vitórias do Manchester contra o Chelsea que dura desde outubro de 2012. Desde então, foram sido cinco derrotas e cinco empates em dez jogos oficiais entre ambos.

O troco dos donos da casa: praticamente nos acréscimos da etapa final, Daley Blind falhou, Cesc Fàbregas conseguiu passe em profundidade e Diego Costa não perdoou e driblou De Gea para deixar tudo igual.

Se a Premier League acabasse hoje, nenhum dos dois clubes estaria classificado para a Liga dos Campeões. Faz 20 anos que pelo menos um deles marca presença na competição a cada temporada.

Ainda no aguardo de Pato, que, segundo Guus Hiddink, está em sua "pré-temporada" particular, o Chelsea tem sofrido em sua linha de frente e enfrenta dificuldades para marcar.

Eles tiveram motivo para reclamar da arbitragem no clássico, no entanto. No fim do primeiro tempo, aos 45 minutos, o zagueiro John Terry finalizou de dentro da área e a bola desviou no braço do lateral Daley Blind. O árbitro Michael Oliver preferiu não assinalar pênalti. Lance polêmico.

O placar não traduz realmente o que foi a partida.

Não fosse pelas intervenções de Courtois e De Gea, o resultado teria sido muito mais elástico.

Com o empate, o Manchester United se mantém em quinto lugar, com 41 pontos, seis atrás do City. O Chelsea, por outro lado, segue distante da ponta da tabela, ocupando a 13ª posição, com 30.

Comentários

Com Pato na arquibancada, Chelsea fica no empate com United e reclama da arbitragem

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.