'League of Legends': Maria "Remi" sai da Renegades por problemas emocionais

ESPN.com.br
Riot Games
Remi, anteriormente Remilia, foi a primeira mulher a jogar na LCS NA
Remi, anteriormente Remilia, foi a primeira mulher a jogar na LCS NA

Em um triste comunicado, a equipe Renegades informou que a jogadora Maria "Remi" Creveling solicitou sua saída do time por questões emocionais. 

Segundo Remi, primeira e única mulher a competir na LCS NA, seus problemas de ansiedade e auto-estima foram "amplificados ao se jogar no palco e pelo rigoroso dia a dia de ser uma jogadora profissional, além da grande carga de estresse". "Por conta disso, senti que o melhor para mim era sair da posição de Suporte da Renegades", afirmou. 

Em seu Twitter, Remi revelou que talvez nunca se sinta a vontade de jogar em um palco e pediu desculpas aos que torcem por ela. Entretanto, a jogadora não desistiu de jogar League of Legends e disse que está começando um novo time do zero chamado Misfits

Para substituí-la, a Renegades já anunciou a contratação do jogador Nickolas "Hakuho" Surgent (ex-Team Frostibe).

Comentários

'League of Legends': Maria "Remi" sai da Renegades por problemas emocionais

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.