Deixou chegar! Fla supera Corinthians com reação heroica e é tri da Copinha

José Edgar de Matos e Rafael Valente, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Veja os gols da vitória do Flamengo sobre o Corinthians na disputa de pênaltis

Três vezes Flamengo.

O dia do aniversário era de São Paulo, mas a festa no Estádio Paulo Machado de Carvalho foi carioca. Na manhã desta segunda-feira, o Flamengo derrotou o Corinthians nos pênaltis por 4 a 3, depois de buscar o empate por 2 a 2 de maneira relâmpago, e se sagrou pela terceira vez campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A reação fantástica concretiza o Flamengo como tricampeão da Copinha. Antes da taça obtida nesta segunda-feira, a equipe rubro-negra conquistara o principal campeonato das categorias de base do futebol nacional nos anos de 1990 - vitória sobre a Juventus-SP na decisão - e 2011, conquista obtida após triunfo por 2 a 1 sobre o Bahia.

O Flamengo, assim, se mantém 100% em decisões de Copa São Paulo. Três finais, três taças para o clube da Gávea.

Ao Corinthians, resta o segundo vice em três decisões e um jejum: a equipe alvinegra jamais conquistou o caneco depois de uma decisão por pênaltis. Três derrotas em três disputas: 1978 para o Inter, 1997 para o Paulista e, agora em 2016, para o tricampeão Flamengo. 

Pinturas do meio do campo, gol de letra, voleio e 'bombas' no ângulo: veja 15 golaços da Copinha

Um primeiro tempo corintiano. Em uma manhã de forte calor, as duas equipes começaram com um ritmo forte. Entretanto, a eficiência dos paulista fez a diferença durante os primeiros 45min de duelo. Logo aos 19min, Gabriel Vasconcelos mostrou oportunismo e tratou de abrir o placar no Paulo Machado de Carvalho.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Como Sócrates, Matheus Pereira (camisa 10) comemora gol do Corinthians contra o Flamengo
Como Sócrates, Matheus Pereira (camisa 10) comemora

O gol mudou o panorama do duelo. O Flamengo, que se mostrava solto e forte para encarar um Pacaembu hostil, se mostrou abatido e sofreu. Eficiente, o time comandado por Osmar Loss precisou de um contra-ataque para ampliar. Aos 25min, Matheus Pereira recebeu lançamento de Tocantins e finalizou firme para anotar um belo gol.

A vantagem corintiana durou até o intervalo. Depois do retorno para a etapa final, o Flamengo tratou de modificar o ambiente no Pacaembu. Em menos de dez minutos, o clube rubro-negro vazou Filipi duas vezes e reabtiu a disputa pelo título da Copa São Paulo.

Logo aos 3min, Matheus Sávio cobrou escanteio para Trindade, de cabeça, diminuir. Cinco minutos depois, o mesmo Matheus Sávio foi lançado em contra-ataque e chutou cruzado para igualar a empolgante decisão do torneio na capital paulista.

A reação relâmpago do Flamengo tornou o Corinthians um time nervoso em campo. O clube rubro-negro, em contrapartida, mostrou-se mais à vontade no gramado do Paulo Machado de Carvalho. Dessa forma, o confronto ganhou em equilíbrio, comparado ao primeiro tempo.

Salvio Spinola analisa e diz que gol anulado do Flamengo era legal

ME-RE-CI-MEN-TO

Gazeta Press
Gabriel Vasconcelos comemora o primeiro gol do Corinthians contra o Flamengo
Gabriel Vasconcelos comemora o primeiro gol do Corinthians contra o Flamengo

Presente no Pacaembu para prestigiar a decisão da Copinha, Tite gostou do que viu durante a primeira etapa. Conforme o seu ‘mantra', a garotada do Corinthians adquiriu a vantagem por me-re-ci-men-to.

Se no ataque, o Flamengo desperdiçou duas chances. O Corinthians tratou de criar duas vezes e guardar duas bolas dentro da rede do goleiro Thiago Silva.

Primeiro com Gabriel Vasconcelos, aos 19min. O centroavante recebeu na área, girou e arrematou até sem força, mas com precisão. Bola no canto esquerdo do goleiro flamenguista.

Seis minutos depois, um Corinthians mais paciente e rápido na transição tornou a vantagem confortável. Tocantins lançou Matheus Pereira, que finalizou firme para anotar o segundo gol.

TEEEMOS UM JOGO

Veja os melhores momentos da vitória do Flamengo sobre o Corinthians na disputa de pênaltis

Demorou menos de dez minutos para o Flamengo destruir a confortável vantagem corintiana no segundo tempo da decisão desta Copinha. A primeira amostra da reação veio com o gol anulado de Paquetá, depois de confusão na área após cobrança de escanteio.

O time rubro-negro, aos 4min, começou a mudar a final no Pacaembu. Matheus Sávio cobrou escanteio na medida para Trindade, de cabeça, diminuir o marcador e transformar o ambiente no estádio.

Enquanto o torcedor corintiano ainda recolhia os cacos e tenta responder na voz, resquícios do trauma de sofrer um gol no início da etapa final, o Flamengo tratou de empatar o jogo. Aos 8min, Cafu puxou contra-ataque e lançou Matheus Sávio, que arrematou cruzado para igualar o placar.

Cavou errado

Difícil não escrever sobre o jogo desta segunda-feira sem citar o meia Matheus Pereira, camisa 10 do Corinthians. Autor do segundo gol da equipe paulistana, o jogador, que já soma até experiência entre os profissionais, estragou a sua própria manhã com um lance infeliz.

Na decisão por pênaltis, Filipe pegou o terceiro pênalti flamenguista e permitiu ao meia-atacante corintiano abrir 4 a 2, o que aproximaria o clube do Parque São Jorge do troféu.

Entretanto, na cobrança, Matheus Pereira abusou da sorte. Uma cavadinha mal executada e a bola sobre a meta de Thiago Silva.

Corintianos no estádio se lembraram de Pato na Copa do Brasil de 2013, na disputa por pênaltis contra o Grêmio.

Feriado amargo para o jovem 10 corintiano...

Comentários

Deixou chegar! Fla supera Corinthians com reação heroica e é tri da Copinha

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.