Na Copinha, Corinthians e Fla podem fazer a final mais importante do duelo em quase 100 anos

ESPN.com.br
Gazeta Press
Marcelinho, do Flamengo, e Márcio, do Corinthians, na decisão da Supercopa, em 1991
Marcelinho, do Flamengo, e Márcio, do Corinthians, na decisão da Supercopa do Brasil, em 1991

Clubes mais populares do Brasil, Corinthians e Flamengo não costumam se encontrar em finais, algo que pode ocorrer na Copa São Paulo de futebol júnior deste ano. Ambos jogam as semifinais nesta sexta-feira. O time paulista enfrentará o Cruzeiro, na Arena Corinthians, enquanto os cariocas terão pela frente o América-MG, na Arena Barueri.

Em quase cem anos de confrontos, Corinthians e Flamengo fizeram apenas duas finais - a primeira partida entre eles foi um amistoso em 1º de dezembro de 1918.

Uma delas foi no ano passado quando os times sub-17 decidiram a Taça Belo Horizonte. Os paulistas venceram por 2 a 1 e deram ao clube o primeiro título do torneio mineiro. O triunfo foi na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, com dois gols do meia Fabrício Oya, que está no grupo que disputa a Copa São Paulo deste ano.

Em 1991, as equipes profissionais disputaram a Supercopa do Brasil, disputa com jogo único entre os últimos campeões do brasileiro (Corinthians) e da Copa do Brasil (Flamengo). O time alvinegro venceu por 1 a 0, gol de Neto, no Morumbi, e ergueu o troféu.

MARCELO FERRELLI/Gazeta Press
O atacante Ronaldo em duelo pelas oitavas da Libertadores contra o Flamengo
Ronaldo em duelo pelas oitavas da Libertadores

O Corinthians era treinado por Nelsinho Baptista e contava com todos os campeões nacionais em 1990, como Ronaldo, Márcio, Tupãzinho, Wilson Mano e Neto, enquanto o Flamengo tinha Vanderlei Luxemburgo como técnico e jogadores como Zinho, Júnior e Marcelinho.

Mas a disputa ocorrida há 25 anos não teve tantos holofotes. O torneio foi disputado no início da temporada, com público de 2.706 pessoas segundo os jornais da época. A taça daquela conquista está no Memorial corintiano, sem qualquer exaltação.

Por isso, se as equipes decidirem a Copa São Paulo de futebol júnior é possível que o duelo seja considerado como a final mais importante entre eles. Recordista em conquistas do torneio, o Corinthians pode somar o décimo título. Já o Flamengo pode ser tricampeão - venceu em 1990, com o time que tinha Djalminha e Marcelinho, e 2011, time de Negueba.

POUCOS CONFRONTOS DECISIVOS

Corinthians e Flamengo se encontraram pela primeira vez em 1º de dezembro de 1918 para um amistoso no Rio de Janeiro. Na época, o Corinthians viajou de trem, partindo da estação da Luz, até a capital do Brasil - Brasília só foi inaugurada em 1960.

E os paulistas foram mais felizes: venceram por 2 a 1, no campo existente na Rua Paissandú, com gols de Neco e Amílcar Barbuy (dois dos primeiros ídolos alvinegros). Carlos Araújo foi quem marcou o gol flamenguista.

Desde aquele duelo, as equipes já se encontraram em 126 partidas, mas muito poucas foram decisivas nas histórias das equipes. As mais importantes ocorreram em 1984 e 2010.

A primeira foi válida pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro. O Flamengo venceu no Maracanã por 2 a 0 (gols de Elder e Bebeto), mas foi eliminado ao ser goleado no Morumbi por 4 a 1 - gols de Biro-Biro, Wladimir, Edson Boaro e Ataliba.

A diretoria do Corinthians até provocou o rival, ao autorizar que o placar eletrônico do Morumbi informasse os horários dos voos para o Rio.

Naquele ano, o Flamengo não tinha mais Zico, mas ainda assim era um dos mais fortes do país, com Mozer, Leandro, Júnior, Adílio, Nunes e Bebeto. O Corinthians tinha Carlos, Sócrates, Zenon e Casagrande, e ainda era a Democracia Corintiana.

Já em 2010 o confronto foi válido pelas oitavas de final da Copa Libertadores, sonho corintiano no ano em que completaria cem anos. Dono de uma das melhores campanhas na fase de grupos e com Ronaldo no elenco, o time paulista perdeu por 1 a 0, no Maracanã. Adriano, que vivia má fase, fez de pênalti o gol rubro-negro.

No Pacaembu, diante de 35.561 pessoas, o Corinthians venceu por 2 a 1 - David Braz, contra, e Ronaldo -, mas o gol de Vágner Love tirou o time alvinegro das quartas.

Gazeta Press
Ataliba comemora gol do Corinthians contra o Flamengo, em 1984
Ataliba comemora gol do Corinthians contra o Flamengo, em 1984

FLAMENGO EM VANTAGEM

O Flamengo levou a melhor nos outros dois duelos mata-matas entre os clubes.

Eliminou o Corinthians nas quartas de final da Copa do Brasil de 1989, sendo que, após vencer no Rio por 2 a 0, perdeu fora por 4 a 2, mas avançou graças aos gols fora de casa.

Já no Torneio Rio-São Paulo de 1997 o Corinthians, turbinando pela parceria com um grupo espanhol, não foi páreo para o Flamengo de Romário e Sávio.

Nas quartas de final, o time carioca venceu o primeiro jogo por 3 a 0, com dois gols de Romário e um de Sávio, e perdeu no Morumbi por 2 a 0, gols de Túlio e Mirandinha.

Comentários

Na Copinha, Corinthians e Fla podem fazer a final mais importante do duelo em quase 100 anos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.