Clubes chilenos se revoltam com salário de Sampaoli: mais de R$ 1,1 milhão por mês

ESPN.com.br
EFE/Sebastián Silva
Jorge Sampaoli Tecnico Chile Coletiva 16/11/2015
Cartolas classificaram como "vergonha" e "insulto" os vencimentos do treinador

Durante um encontro do Conselho da Federação de Futebol do Chile (ANFP) nesta sexta-feira, o presidente interino da entidade, Jaime Beaze, revelou aos presentes o vencimento do técnico Jorge Sampaoli, e o valor exorbitante de 200 milhões de pesos mensais (aproximadamente R$ 1,120 milhão) revoltou os principais clubes do país.

Falando ao site El Mercúrio On-Line, diversos dos presentes na reunião, dentre eles alguns presidentes de times da primeira divisão chilena, se queixaram do valor muito acima da realidade nacional.

"A reação de todos os presentes foi de surpresa e em seguida se considerou uma vergonha, um insulto ao país pagarem isso a uma pessoa. É um escândalo, não se pode pagar isso no Chile", reclamou um dos cartolas.

Além de Sampaoli, seu assistente técnico Sebastián Beccacece também teve o salário revelado e, apesar de um pouco menor em relação ao treinador, ainda é elevado, girando em torno dos 75 milhões de pesos (R$ 420 mil).

Os pagamentos ao atual campeão de Copa América, apesar de serem maiores do que recebem técnicos de ponta no futebol brasileiro, por exemplo, são muito inferiores se comparados aos outros dois nomes que competem com Sampaoli para o prêmio de Melhor Treinador da Fifa.

Luis Enrique, do Barcelona, ganha 5,5 milhões de euros por ano (aproximadamente R$ 23 milhões), enquanto Pep Guardiola tem um salário astronômico no Bayern de Munique de 15,2 milhões de euros (R$ 64,6 milhões).

Dentre as outras seleções sul-americanas, Sampaoli tem um dos três maiores salários, ao lado de Ricardo Gareca, do Peru, e José Pekerman, da Colômbia.

Comentários

Clubes chilenos se revoltam com salário de Sampaoli: mais de R$ 1,1 milhão por mês

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.