Companheiro de Aldo surpreende, nocauteia e 'foge; promessa brasileira dá show

ESPN.com.br
Getty
Léo Santos acertou um direto em cheio no rosto de Kevin Lee
Léo Santos acertou um direto em cheio no rosto de Kevin Lee

Se Márcio Lyoto não abriu tão bem a noite para o Brasil no UFC 194, Léo Santos começou o show para a Nova União pouco depois. Craque no jiu-jitsu, o companheiro de José Aldo surpreendeu com um ótimo jogo em pé e conseguiu um belíssimo nocaute para cima do norte-americano Kevin Lee ainda no primeiro round.

Mas o mais surpreendente mesmo foi o que aconteceu após o nocaute. Quase que sem acreditar no que estava acontecendo, Léo Santos pulou as grades do octógono e saiu correndo em direção aos vestiários. Teve que voltar ‘escoltado' pelo presidente do UFC no Brasil, Giovanni Decker.

"Não sabia o que eu estava fazendo, estava louco. Isso aqui é muito pequeno para mim, tive que sair correndo. Só queria me divertir!", se explicou depois, sem esconder o sorriso.

O nocaute veio com pouco mais de três minutos de luta. Léo, que já parecia controlar a luta mesmo em pé, aproveitou um soco do rival para acertar um direto de direito em cheio no contragolpe. Lee caiu e ainda tomou uma sequência de golpes antes de o juiz encerrar o combate.

"Eu treino forte, treino muito. Eu procuro ser um lutador melhor, mais completo e esse é o resultado. Eu sempre penso em finalizar, mas desta vez não. Estou muito feliz!", disse o brasileiro.

Campeão do TUF 2, Léo agora encaixa sua terceira vitória consecutiva e ainda não sabe o que é perder no UFC. Ele tem agora quatro triunfos e um empate na maior competição de MMA do mundo. No cartel, são 14 vitórias, três derrotas e um empate.

Getty
Warlley Alves acabou com a invencibilidade de Covington em menos de dois minutos
Warlley Alves acabou com a invencibilidade de Covington em menos de dois minutos

Logo em seguida, outro show brasileiro. Campeão do TUF 3 e uma das grandes promessas brasileiras para o futuro, Warlley Alves acabou com a invencibilidade de Coby Covington com uma linda guilhotina ainda no primeiro round.

Warlley dominou o duelo desde o início e acertou logo de cara um chute nas costelas que desestabilizou Covington. O norte-americano fez de tudo para não trocar golpes, mas acabou perder na sua especialidade, a luta agarrada. O brasileiro encaixou sua especialidade, a guilhotina e acabou com a luta com pouco mais de um minuto.

"É meu sonho estar aqui. Sonhei desde molqeuinho e Deus realizou isso. Eu sei que a galera está esperando meu kickboxing e quer me botar para baixo, mas a gente desenvolveu essa arma (a guilhotina) aos longos dos anos. E é aquilo, onde a luta estiver, vou estar preparado", disse Warlley.

Prestes a completar 25 anos, o brasileiro segue perfeito na carreira. São agora 10 vitórias em 10 lutas, quatro delas no UFC.

Veja todos os resultados do UFC 194:

CARD PRINCIPAL
Conor McGregor (IRL) nocauteou José Aldo (BRA) ao 0'13 do 1º round- cinturão dos penas
Luke Rockhold (EUA) nocauteou Chris Weidman (EUA) aos 3'12 do 4º round - cinturão dos médios
Yoel Romero (CUB) venceu Ronaldo Jacaré (BRA) na decisão dividida dos jurados (29-27, 28-29 e 29-28) - médios
Demian Maia (BRA) venceu Gunnar Nelson (ISL) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-25 e 30-25) - meio-médios
Max Holloway (EUA) venceu Jeremy Stephens (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 29-28) - penas

CARD PRELIMINAR
Urijah Faber (EUA) venceu Frankie Saenz (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) - galos
Tecia Torres (EUA) venceu Jocelyn Jones-Lybarger (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - palhas feminino
Warlley Alves (BRA) finalizou Colby Covington (EUA) com uma guilhotina a 1'26 do 1º round - meio-médios
Léo Santos (BRA) nocauteou Kevin Lee (EUA) aos 3'26 no 1º round - leves

Magomed Mustafaev (RUS) nocauteou Joe Proctor (EUA) 1'54 do 1º round - leves
Yancy Medeiros (EUA) venceu John Makdessi (CAN) a decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29 e 29-28) - leves
Court McGee (EUA) venceu Márcio Lyoto (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 29-28 e 29-28) - meio-médios

Comentários

Companheiro de Aldo surpreende, nocauteia e 'foge; promessa brasileira dá show

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.