Fluminense prepara estratégia para investir em Diego Souza

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
ALDO CARNEIRO COSTA/Gazeta Press
Diego Souza Comemora Gol Sport Atletico-MG Campeonato Mineiro 18/10/2015
Diego Souza comemora gol pelo Sport

A busca por um camisa 10 para dar maior criatividade ao meio de campo do Fluminense parece caminhar para Diego Souza. O jogador, que se destacou pelo Sport no Campeonato Brasileiro, tem os direitos federativos ligados ao Metalist, da Ucrânia. O apoiador foi indicado pelo técnico Eduardo Baptista, já que eles trabalharam juntos no clube pernambucano. Com poucas opções no mercado para o setor, o atleta é a prioridade nas Laranjeiras.

O empréstimo de Diego Souza ao Sport chega ao fim em dezembro e o time do Recife tenta a renovação. O Palmeiras, que estava acompanhando a situação, desistiu da negociação, abrindo caminho para que o Fluminense seja o único concorrente do "Leão".

Porém, os dois clubes brasileiros esbarram no fato de que os ucranianos pensam em negociar em definitivo o jogador e nenhum deles têm dinheiro para comprar os direitos federativos.

Em uma primeira conversa, o Fluminense foi informado que o Metalist pretende receber cerca de R$ 18 milhões por Diego Souza, algo que o torna fora da realidade do clube. Porém, outras rodadas de negociações estão previstas para os próximos dias, embora os dirigentes cariocas desconversem.

"Não temos o hábito de falar sobre as negociações com jogadores. Só nos posicionamos sobre qualquer caso depois que o jogador está contratado", disse Mário Bittencourt, vice-presidente de futebol do Fluminense.

Já Eduardo Baptista, orientado a não falar em nomes, reconheceu a necessidade de um legítimo camisa 10. "Nós precisamos sim de uma referência para o setor, para nós termos um equilíbrio no time. Tentamos com o Ronaldinho Gaúcho mas as coisas se afastaram do esperado", avisou o treinador, que sempre elogiou publicamente o futebol de Diego Souza.

A reapresentação do elenco do Fluminense está prevista para 4 de janeiro. A pré-temporada será realizada nos Estados Unidos, onde o time disputará a Flórida Cup, um torneio amistoso que conta com outros times brasileiros, como Corinthians, Internacional e Atlético-MG. As primeiras competições oficiais do ano para o Tricolor serão a Liga Sul-Minas-Rio, o Campeonato Carioca e a Copa do Brasil.

Conforme decisão de sua diretoria, o time deverá disputar o Estadual com uma formação composta por reservas. O Tricolor tem sido nos últimos meses um dos principais focos de oposição à gestão do atual presidente da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), Rubens Lopes.

Comentários

Fluminense prepara estratégia para investir em Diego Souza

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.