Zagueiro brasileiro tem noite de artilheiro, e Wolfsburg elimina o Manchester United

ESPN.com.br
EFE
Naldo Wolfsburg
Naldo anotou dois gols e foi decisivo para a importante vitória do Wolfsburg

O todo-poderoso Manchester United, dos milionários investimentos e do renomado treinador Louis Van Gaal, está eliminado da Uefa Champions League. Na noite desta terça-feira, o Wolfsburg venceu o clube inglês pelo placar de 3 a 2, na Volkswagen Arena, garantiu passagem para as oitavas de final da competição e, de quebra, tirou precocemente os Diabos Vemelhos do principal torneio europeu.

A vitória desta terça-feira, construída muito em virtude dos dois gols do zagueiro brasileiro Naldo, deixou o Wolfsburg com 12 pontos ao final das seis rodadas. O Manchester United, com oito, foi ultrapassado pelo PSV, que bateu o CSKA pelo placar de 2 a 1 e subiu para a segunda posição ao final desta etapa de grupos ao chegar aos dez.

Para um jogo de caráter decisivo, o primeiro tempo na Alemanha foi mais do que movimentado. Wolfsburg e Manchester United buscaram o jogo ofensivo e tornaram o confronto empolgante para o público na arena - e os telespectadores. Os alemães, que dependiam de um empate, sofreram com os ingleses, responsáveis por tomar conta do ritmo de confronto no início.

Precisando da vitória fora para não depender do resultado de PSV x CSKA, o Manchester United abriu o placar logo aos 10min. Juan Mata, com liberdade, enfiou grande lançamento para Anthony Martial, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro suíço Diego Benaglio.

A festa do United, contudo, durou pouco. Dois minutos depois de sofrer com o gol de Martial, o Wolfsburg reagiu e freou o clube inglês. Ricardo Rodriguez cobrou falta na direção de Naldo, que arrematou de primeira para superar David De Gea. O gol empolgou o time da casa, que cresceu ainda mais de desempenho.

A evolução do Wolfsburg no confronto acabou simbolizada por um lance coletivo brilhante. Aos 29min, Julian Draxler recebeu na entrada da área e aplicou um belo drible de corpo para tirar o marcador. O camisa 10 tabelou com Max Kruse e recebeu dentro da área. Com requintes de crueldade, Draxler apenas rolou para o meio da área, onde Vieirinha, livre e sem goleiro, finalizou para virar o jogo.

Getty Images
Mata Manchester United
Mata e o United: mais um vexame na Champions

A vantagem permitiu ao Wolfsburg atuar com uma maior cautela durante a segunda etapa. O Manchester United, por outro lado, aumentou o volume de jogo e pressionou; por outro lado, sofreu com os contra-ataques alemães. Em um deles, André Schurrle quase anotou um golaço de cobertura sobre De Gea, que salvou os ingleses.

Mesmo sem o futebol esperado para o clube deste tamanho, o Manchester United colheu esperanças na parte final do confronto. Em uma infelicidade de Guilavogui, que tocou contra as próprias redes aos 37min, os ingleses empataram o duelo e voltaram a sentir nas mãos a classificação.

Entretanto, no ataque seguinte, Naldo decretou o fim da campanha dos Diabos Vermelhos na Uefa Champions League. Em nova jogada aérea, o zagueiro brasileiro subiu mais alto que a defesa do United e tocou para as redes de De Gea. O gol e a notícia oriunda da Holanda - o segundo gol do PSV sobre o CSKA (e a confirmação da vitória por 2 a 1 dos holandeses) - mudaram o panorama em um espaço de 60 segundos.

O todo-poderoso Manchester United estava fora da Champions na temporada 2015/2016.

Gol brasileiro, meu povo

Como diria Sílvio Luiz, teve ‘gol brasileiro, meu povo!'.

O experiente zagueiro Naldo tirou a pressão do Manchester United, que vencia parcialmente por 1 a 0, com uma finalização precisa.

Depois de cobrança de falta de Ricardo Rodriguez, o defensor brasileiro arrematou de primeira e balançou as redes rivais.

Naldo ainda foi o responsável por decretar o fim da esperança do Manchester United. Aos 38min, o zagueiro anotou o terceiro gol dos alemães, sacramentou a vitória e eliminou o gigante clube inglês da Champions.

Tiki-taka alemão

O segundo gol do Wolfsburg pode ser chamado de ‘golaço'. A jogada, bem trabalhada, mostrou uma face de ‘tiki-taka' do clube alemão.

A jogada começou com Draxler, que deu um drible de corpo para tirar a marcação. O camisa 10 tabelou com Kruse e saiu dentro da área, com condições de finalizar.

Para quebrar totalmente a marcação, o meia alemão apenas rolou para trás e encontrou Vieirinha, que finalizou com o gol livre. Uma baita jogada coletiva.

Polêmica

Um jogo com esse caráter - de decisão - não poderia passar incólume a uma polêmica de arbitragem.

Em Wolfsburg e Manchester United, as reclamações surgiram ao final da primeira etapa e teve como protagonistas os ingleses.

Quase nos acréscimos da primeira etapa, Lingard cruzou na direção de Juan Mata, que tentou desviar para as redes. A bola entrou direto na meta de Benaglio, mas a arbitragem marcou impedimento do meia espanhol.

Mata disse que não desviou, e o Manchester deixou o primeiro tempo reclamando muito...

Futebol no Mundo: Embaixadores analisam rodada da Champions League

BAD news, United

Além da derrota, a notícia vinda da Holanda sacramentou o vexame do Manchester United. Também nesta terça-feira, o PSV derrotou o CSKA por 2 a 1 e garantiu a segunda vaga do grupo para as oitavas de final. 

Os russos abriram o placar com Ignashevich, aos 31min da etapa final, de pênalti. Mas, dois minutos depois, Luuk De Jong empatou e recolocou o PSV na disputa pela segunda vaga do grupo.

A confirmação da classificação holandesa veio aos 41min, praticamente no mesmo instante do qual Naldo recolocou o Wolfsburg em vantagem diante do United. Propper aproveitou chance, deu a vitória ao PSV e classificou os holandeses para as oitavas de final da competição mais importante do futebol europeu.

Comentários

Zagueiro brasileiro tem noite de artilheiro, e Wolfsburg elimina o Manchester United

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.