Jornal: esquema rendeu R$ 120 milhões em propinas a Del Nero, Marin e Teixeira

ESPN.com.br
EFE/Antonio Lacerda
Marco Polo del Nero: com Marin e Teixeira, ao menos R$ 120 milhões arrecadados em propinas
Marco Polo del Nero: com Marin e Teixeira, ao menos R$ 120 milhões arrecadados em propinas

Os últimos três presidente da CBF montaram um esquema que arrecadou ao menos R$ 120 milhões em propinas, lesando o futebol brasileiro e a própria entidade. As informações são de matéria do jornal O Estado de S.Paulo, assinada por Jamil Chade, colaborador dos canais ESPN.


Segundo a reportagem, investigações lideradas pelo FBI concluíram que Marco Polo del Nero, José Maria Marin e Ricardo Teixeira cobraram uma espécia de pedágio para cada empresa que procurava a CBF para fechar fechar acordos de transmissão ou de exploração de marketing.

Segundo os investigadores, o esquema fez com que acordos mais vantajosos deixassem de ser assinados, sempre em favor de companhias que concordavam em pagar propinas. Em outras palavras, tanto a CBF como o futebol brasileiro poderiam ter arrecadado mais para financiar clubes e torneios.

O envolvimento dos três cartolas foi resumido em uma frase em documento emitido pelo Departamento de Justiça dos EUA: "Eles conspiraram de forma intencional para fraudar a CBF".

Entre os exemplos de propinas, está, por exemplo, R$ 2 milhões por ano em pagos pelo empresário José Hawilla para as edições da Copa do Brasil.

Teixeira ainda dividiu com Hawilla US$ 40 milhões em uma conta na Suíça. O acordo foi consequência do contrato entre Nike e CBF, avaliado em US$ 160 milhões e fechado nos anos 90 com intermediação do empresário.

O valor de R$ 120 milhões, no entanto, pode ser maior. Del Nero e Marin, por exemplo, compartilharam propinas para pelo menos três edições da Libertadores da América. Teixeira também recebeu milhões de dólares para garantir a presença dos melhores jogadores brasileiros nas Copas América de 2001 a 2011.

Comentários

Jornal: esquema rendeu R$ 120 milhões em propinas a Del Nero, Marin e Teixeira

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.