CBF diz não ter posição oficial sobre Del Nero; uruguaio assume a Conmebol

Antônio Strini, do ESPN.com.br
Getty
Wilmar Valdez (à esquerda) assume o lugar de Juan Ángel Napout na Conmebol
Wilmar Valdez (à esquerda) assume o lugar de Juan Ángel Napout na Conmebol

Em contato com o ESPN.com.br na manhã desta quinta-feira, a assessoria institucional da CBF diz ainda não ter uma posição oficial sobre a investigação do Comitê de Ética da Fifa contra seu presidente, Marco Polo del Nero.

De acordo com o porta-voz do Comitê de Ética, Andreas Bantel, o principal dirigente do futebol brasileiro é suspeito de ter cometido "diversas infrações às regras de ética da Fifa", e uma investigação foi aberta em 23 de novembro último.

Já a Conmebol, chacoalhada nesta quinta com a prisão do presidente Juan Ángel Napout em Zurique, prometeu uma posição oficial para a próxima hora.

No entanto, já se sabe quem assume interinamente a Confederação Sul-Americana de Futebol: o uruguaio Wilmar Valdez. Ele é o único dos três vice-presidentes eleitos em 2015 ainda ativo - Rafael Esquivel da Venezuela, foi detido em maio deste ano na primeira leva de prisões pelo escândalo do Fifa, e Sergio Jadue renunciou à presidência da federação chilena na semana passada.

Além disso, o tesoureiro, Carlos Chávez (Bolívia), está detido em seu país também sob acusação de corrupção, e o secretário-geral, José Luis Meiszner, deixou o cargo nesta semana por causa da eleição a presidente da associação argentina.

Ou seja: Wilmar Valdez assume por exclusão a Conmebol. "O estatuto, nesse aspecto, é claro. O que acontece, é que deverá ser feita uma reunião, para ver a formalidade correspondente", explicou o dirigente à Agência EFE.

Questionado sobre as prisões desta quinta, o presidente da associação uruguaia (AUF) reconheceu: "Realmente eu, pelo menos no particular, não esperava isso. É um momento difícil para o futebol, por tanto, é preciso de união e trabalho, para sair deste momento tão complicado".

A investigação contra Del Nero começou na segunda-feira retrasada, três dias antes do dirigente brasileiro entregar seu cargo como membro do comitê executivo da Fifa, em reunião da Conmebol no Rio de Janeiro - o vice da Região Norte, Fernando Sarney, foi indicado para seu lugar.

O presidente da CBF não viajava aos encontros do órgão máximo do futebol desde maio passado, quando aconteceu a primeira leva de prisões em Zurique (Suíça), na qual sete cartolas foram detidos, entre eles seu antecessor, José Maria Marin.

Enquanto isso, Napout foi preso junto ao presidente interino da Concacaf, Alfredo Hawit, por suspeita "de aceitar dinheiro em troca da venda dos direitos de 'marketing' relacionados com a transmissão de campeonatos na América Latina e com partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo", segundo o comunicado da Justiça suíça.

Comentários

CBF diz não ter posição oficial sobre Del Nero; uruguaio assume a Conmebol

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.