Ele já foi 'ajudante' de Túlio Maravilha na 4ª divisão paulista. Hoje, vale R$ 245 milhões

Francisco De Laurentiis e Vladimir Bianchini, do ESPN.com.br
Luiz Munhoz/Fatopress/Gazeta Press
Luan Comemora Gol Gremio Internacional Campeonato Brasileiro 09/08/2015
Luan é o artilheiro do Grêmio na temporada e assinou contrato até 2018

Um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro, especulado em times estrangeiros e agora com uma multa rescisória de 60 milhões de euros, cerca de R$ 245 milhões, o atacante Luan, do Grêmio, curte a melhor fase da carreira. Com tanto sucesso, é difícil imaginar que em seu primeiro time profissional, o modesto Tanabi, do interior de São Paulo, a situação era bem diferente.

Em 2012, o garoto jogava na Série B Paulista, a 4ª divisão do Estado, recebia cerca de R$ 100 de ajuda de custo por mês e tinha que brigar por posição. Dos nove jogos oficiais que fez com a equipe, apenas em quatro ele foi titular. Marcou dois gols.

Além disso, Luan participou de alguns amistosos contra times amadores do interior de São Paulo, com a missão de ajudar o folclórico Túlio Maravilha a chegar ao milésimo gol (segundo as próprias contas).

"Ele ficou sete meses, mas não teve muitas oportunidades de jogar, porque a Série B é muito difícil. O pessoal aposta no jogo muito físico e com jogadores de nome. Em 13 anos que estou no futebol, nunca vi uma ascensão tão rápida como a dele", diz Natal Silva, auxiliar-técnico do Tanabi, em entrevista ao ESPN.com.br.

A passagem pelo clube foi a primeira experiência do atleta, hoje com 22 anos, no futebol de campo. Luan não fez categorias de base, e atuava apenas no futsal. Após alguns testes, ele foi aprovado na equipe que disputaria o último estágio do Estadual.

"Ele tinha muito talento, mas como não tinha categoria de base era complicado e não se destacava tanto. A gente não acreditava que ele pudesse chegar tão longe, porque são tantos que tentam e não conseguem. O futebol dele é quase o mesmo, mas a B é outro mundo, outro nível de competição", analisou.

Natal, que trabalha no Tanabi há quatro anos e se define como um "faz tudo", diz que o garoto de 19 anos mal falava. "Era muito tímido, pacatão, não tinha boca pra nada. Não dava um pingo de trabalho para gente no alojamento ou no quatro", recordou.

Luan fez um "pequeno" amigo e fã durante a curta estadia pelo time do interior. "Meu filho de seis anos chamdo Emanuel ia muitas vezes no quarto brincar. O Luan estava dormindo e ele pulava em cima dele e falava: 'Vamos treinar' (risos)", recordou. 

O garoto joga nos times de futsal de Tanabi e sonha em um dia reencontrar o ídolo. "Quando tem jogo do Grêmio ele quer ver o Luan na televisão, fica maluco, não perde um. Fico um pouco chateado porque perdemos o contato com ele", lamentou. 

Desde 2012, porém, Túlio Maravilha garante que já via no menino franzino um futuro brilhante para o hoje jogador de R$ 245 milhões do Grêmio.

ALDO CARNEIRO COSTA/Gazeta Press
Luan Comemora Gol Seleção Brasileira Brasil Sub-23 Amistoso Estados Unidos 11/11/2015
Luan comemora gol pela seleção sub-23

"Desde aquele tempo eu dizia que ele tinha talento. Era um menino bem magrinho e com passada larga, mesmo novo dava para ver que era diferente. Foi uma grata surpresa ver aonde está agora, e fico muito feliz por ter participado um pouco da história dele. Mas ele também pode colocar isso no currículo dele também: que ajudou o Túlio Maravilha na caminhada pelo milésimo gol (risos)", brincou o ídolo do Botafogo, ao ESPN.com.br.

"Espero ter passado experiência positiva para ele , principalmente em termos de colocação. Sempre gosto de conversar com os mais jovens e dar uns toques. Ele deve estar no futuro na seleção brasileira", previu o matador.

Hoje brilhando, aliás, Luan quase desistiu do futebol profissional quando foi emprestado pelo Tanabi ao América-SP. Como não estava recebendo a ajuda de custo prometida, largou o clube às vesperas do torneio que mudaria sua vida. Voltou a jogar futsal, ganhando R$ 50 a partida.

Após ser convencido a voltar, foi reintegrado e se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2013, marcando seis gols. Após uma rápida passagem pelo Catanduvense, foi para o Grêmio, clube no qual se tornou um dos principais destaques do Brasileirão, sendo convocado para a seleção brasileira sub-23, que está sendo preparada para disputar os Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Arquivo pessoal
Tulio segura Emanuel no colo
Túlio Maravilha durante passagem pelo Tanabi segura Emanuel no colo, fã de Luan

Veja como foi a parceria de Luan e Túlio Maravilha no Tanabi:

- Na estreia de Túlio pelo Tanabi, contra o RCA/Cruzeiro, time amador da região, eles atuaram juntos no segundo tempo e o Maravilha marcou de falta, aos 23 minutos, no empate por 3 a 3.

- Eles jogaram juntos contra o Araçatuba nos 90 minutos na estreia da Série B Paulista, com vitória por 2 a 1, e ambos passaram em branco. Na derrota por 1 a 0 para o Votuporanguense, Túlio saiu no intervalo e Luan entrou durante o segundo tempo.

- Na vitória contra o Uraniense, Tulio fez três gols e Luan entrou na segunda etapa.

- No último amistoso contra o time amador de de Santa Rita d'Oeste, vencido por 5 a 0, Túlio fez três gols e Luan entrou em seu lugar.

Comentários

Ele já foi 'ajudante' de Túlio Maravilha na 4ª divisão paulista. Hoje, vale R$ 245 milhões

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.