Vem, Djokovic! Já na semi, Nadal vira sobre compatriota 'freguês' e segue 100% no Finals

ESPN.com.br
Veja lances da vitória de Nadal sobre Ferrer por 2 sets a 1

Rafael Nadal mostrou mais uma vez, nesta sexta-feira, que está disposto a recuperar a sua boa fase antes do final de 2015. Mesmo já classificado à semifinal do ATP Finals de Londres, o espanhol até começou mal, mas virou sobre o já eliminado compatriota David Ferrer, por 2 sets a 1, parciais de 6-7 (7-2), 6-3 e 6-4 na última rodada do grupo Ilie Nastase e chega forte para enfrentar o melhor tenista do mundo, Novak Djokovic.

Esta foi a 30ª partida entre ambos como atletas profissionais. A vantagem é amplamente superior ao jogador canhoto, número cinco do ranking da ATP, que venceu pela 24ª vez, sendo a terceira de forma consecutiva, já que ganhou em 2014, em Ronald Garros, e neste ano em duelo válido pelo Masters 1000 de Monte Carlo.

A última vez em que Ferrer, sétimo melhor colocado na classificação, teve o ‘gostinho' de vencer o rival foi apenas no começo do ano passado, também em solo da cidade monegasca, quando aplicou 2 sets a 0.

E se a ambos o jogo não valia absolutamente nada em termos de torneio, a Nadal o duelo servia como uma forma de mostrar que ele pode, sim, estar de volta após, como ele próprio diz, sua ‘pior temporada da carreira'. Sem ritmo e confiança, por conta das lesões que sofreu no ano passado, não chegou perto de vencer nenhum Grand Slam e, inclusive, voltou a perder uma partida em Roland Garros, após cinco anos de invencibilidade.

Nadal inciou o primeiro set jogando como nos seus melhores anos da carreira. Logo no game inicial, o canhoto quebrou o serviço do compatriota, arrasou na sequência e abriu 3-0 em menos de 10 minutos. No entanto, com dois aces e duas quebras de saque, Ferrer retornou ao jogo e virou o marcador para um emocionante 5-4.

Getty
Ferrer ATP Finals Tênis
Já eliminado, Ferrer endureceu o jogo

Quando Nadal marcou 6-5 e ficou muito perto de fechar o primeiro set, o jogador de Mallorca acumulou erros e perdeu a chance do set point. Ferrer batalhou muito e conquistou a quebra, empatando em 6-6. No tie-break, o canhoto não mostrou a mesma técnica do começo, chegou a pedir um desafio no set point, errou e acabou perdendo seu primeiro set no torneio por 7-2 em uma hora.

No segundo set, Nadal voltou a errar e começou logo com uma dupla falta. Com 2-2 no placar, nenhum dos tenistas havia quebrado o saque do outro e apenas Ferrer havia convertido um ace.

O já classificado à semifinal, contudo, conseguiu fazer 3-2 e dar uma maior tranquilidade para o restante do set. Tranquilidade esta que foi totalmente aparente quando fechou o último game com muita facilidade para empatar o duelo e levar a torcida em Londres à loucura.

No set derradeiro, Nadal abusou das belas devoluções, mas teve novamente um adversário determinado a dificultar sua vida. O equilíbrio era muito grande, e Ferrer salvou incríveis cinco pontos de quebra, mas esteve mal exatamente no artifício em que o rival esteve melhor: devolução. Mesmo assim, chegou a fazer 4-3 sobre o tenista de Mallorca, que tratou de empatar logo depois.

Com um triplo break point e um nono game muito eficiente, Nadal foi para 5-4 e pôde sacar para a vitória. Após mais algumas boas devoluções, o canhoto teve duplo match point e fechou o jogo em 2h36.

Ex-número 1 do mundo, Rafael Nadal tem três títulos em 2015, mas ainda não conquistou o ATP Finals, tendo sido vice em 2010 e 2013. O 'minijejum' pode acabar no domingo. Antes, porém, terá de passar por Novak Djokovic, às 12h (horário de Brasília), e ganhar na final contra quem passar do confronto entre o suíço Roger Federer e seu adversário, que ainda será conhecido hoje.

Comentários

Vem, Djokovic! Já na semi, Nadal vira sobre compatriota 'freguês' e segue 100% no Finals

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.