Para Argel, sigilo sobre casos de doping é prova de união do grupo do Inter

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Luciano Leon/Raw Image/Gazeta Press
Técnico ressaltou 'soluções' ao invés de lamentar problemas
Técnico ressaltou 'soluções' ao invés de lamentar problemas

O grupo do Internacional já sabia há 15 dias que os volantes Nilton e Wellington haviam sido flagrados com resultado positivo no antidoping. Foi o que revelou nesta sexta-feira o técnico Argel Fucks, que considerou a manutenção do sigilo desta informação dentro do elenco por duas semanas uma prova de que o grupo colorado está unido. A confirmação oficial do caso ocorreu apenas na última segunda-feira.

"Foi uma prova de fidelidade. O jogadores sabiam o que havia acontecido com eles e foram solidários. Nós acreditamos na inocência deles e lidamos muito bem com isso, tanto que fizemos dois ou três jogos sabendo de tudo isso e não deixamos de ser competitivos. Nós sabíamos há 15 dias e blindamos o vestiário", afirmou Argel, em coletiva após o trabalho desta sexta.

Na entrevista, o técnico colorado confirmou quem deve disputar a vaga deixada em aberto após o doping de Nilton e Wellington: "Perdemos o Nilton e o reserva imediato, mas temos o Nico, o Bertotto e o Anderson. Acharemos a solução, isso é o mais importante. O grupo tem dado boa resposta. Estamos treinando soluções, ainda não definimos quem joga, mas temos tempo".

Argel tem mais cinco dias para decidir quem jogará ao lado de Rodrigo Dourado. Nilton e Wellington utilizaram diuréticos que continham substâncias proibidas, e foram suspensos preventivamente por mais 25 dias, o que os tira da reta final do Campeonato Brasileiro.

 

Comentários

Para Argel, sigilo sobre casos de doping é prova de união do grupo do Inter

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.