Antes dos pontos corridos, Vasco era top no Brasileiro, agora é abaixo da média

ESPN.com.br
Gazeta Press
Vasco corre o risco de ser rebaixado pela 3ª vez em oito anos
Vasco corre o risco de ser rebaixado pela 3ª vez em oito anos

Eurico Miranda é um dos dirigentes que defende a volta do sistema de mata-mata na disputa do Campeonato Brasileiro. Coincidência ou não, o formato antigo da competição era no qual o Vasco, o clube que ele preside, se dava melhor. Desde o início da era dos pontos corridos, os números do clube pioraram no Nacional e, além disso, o clube se aproxima de seu terceiro rebaixamento à Série B em oito anos.

Até 2002, quando os jogos eliminatórios definiam o campeão brasileiro, o Vasco possuía um aproveitamento de 52,6% dos pontos, o que diminuiu para 43,6% na era dos pontos corridos, segundo o site FutDados. Além disso, caiu também a média de gols marcados por jogo da equipe carioca: de 1,48 para 1,36. Por outro lado, a média de gols sofridos em cada partida subiu: de 1,03 para 1,46.

Entre os 12 times mais tradicionais do país, o Vasco é o de pior aproveitamento nos pontos corridos, e é o único com saldo de gols negativo (49).

Gigante até 2002 tendo acumulado quatro títulos nacionais (só estava atrás dos cinco do Flamengo na época), o clube cruzmaltino virou coadjuvante a partir de 2003, sendo ultrapassado por Corinthians e São Paulo e ficado mais longe do maior rival.

O maior feito na Série A em 12 anos foi o vice em 2011. Além disso, foi rebaixado em 2008 e 2013 à segunda divisão e se encaminha para a terceira queda em um intervalo inferior ao de uma década. A cinco rodadas do fim desta edição do Brasileirão, o clube carioca está na lanterna e cinco pontos atrás do Avaí, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

O próximo desafio do Vasco para tentar alcançar a difícil missão de seguir na elite e melhorar o seu desempenho na era dos pontos corridos será no domingo, quando visitará o Palmeiras no Allianz Parque, às 17h (de Brasília).

Comentários

Antes dos pontos corridos, Vasco era top no Brasileiro, agora é abaixo da média

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.