Em clima de ressaca, São Paulo tenta pensar no jogo contra o Coritiba

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Jogadores do São Paulo durante treino na academia do CT da Barra Funda
Jogadores do São Paulo durante treino na academia do CT da Barra Funda

Após sofrer um duro baque no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, com o 3 a 1 ante o Santos, na quarta, no estádio do Morumbi, o elenco do São Paulo se reapresentou em clima de ressaca nesta quinta, no CCT da Barra Funda. O desânimo de todos os atletas com o revés no clássico acabou combinado à forte chuva que caiu sobre a capital paulista, que esvaziou os gramados do local.

As ausências ficaram novamente por conta do zagueiro Breno, que não se recuperou das dores no joelho direito, e o lateral esquerdo Carlinhos, ainda tentando melhorar um estiramento na panturrilha da perna esquerda. Ambos são dúvida para encarar o Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apenas os goleiros reservas Renan Ribeiro, Denis, Léo e Lucas Paes apareceram para treinar no campo desenhado especificamente para eles, ao lado do gramado principal. Os reservas, que em um dia comum iriam para o treino externo, realizaram trabalho na academia. Por ser uma região com alta incidência de raios, dificilmente os jogadores deixam a parte interna em dias de temporal.

Os titulares, como de costume, realizaram apenas um trabalho regenerativo na piscina do CT, mas mesmo essa parte evidenciou a tristeza são-paulina. Normalmente, as brincadeiras e risadas dão o tom ao lado de alguma música animada. Nesta tarde, no entanto, a movimentação foi feita com cara séria, sem trilha sonora.

"O clima, para mim, está ruim, não tem como negar", afirmou o volante Thiago Mendes, escolhido para falar com a imprensa. Para ele, é importante que o clube consiga esquecer a derrota para o Santos. "Ficou no passado. Agora temos que pensar no Coritiba porque podemos ganhar e entrar no G-4", analisou.

Com 47 pontos conquistados, o São Paulo está dois atrás do próprio Santos, quarto colocado, podendo realmente entrar no grupo dos classificados à Libertadores da América. O problema é que, sob o comando do técnico Doriva, são três partidas e nem uma vitória, algo que precisa mudar para o G4 voltar a ter presença da equipe do Morumbi.

Comentários

Em clima de ressaca, São Paulo tenta pensar no jogo contra o Coritiba

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.