São Paulo não vence clássico fora por 3 gols há dez anos; último contra Santos teve Pelé

Diego Garcia e Rafael Valente, de São Paulo, para o ESPN.com.br
Gazeta Press
Doriva durante o jogo entre São Paulo e Santos no Morumbi
Doriva durante o jogo entre São Paulo e Santos, no Morumbi

Não é apenas a invencibilidade do Santos na Vila Belmiro que o São Paulo terá de superar para alcançar a final da Copa do Brasil na próxima quarta-feira. Após perder o primeiro jogo da semifinal por 3 a 1, no Morumbi, o time tricolor tem de vencer por diferença de três gols ou de dois desde marque mais que três (como 4 a 2, 5 a 3 e assim por diante) para se classificar. Mas já tem mais de dez anos que o clube paulistano não consegue tal façanha.

A última vez que venceu um clássico por diferença de três gols como visitante foi em 8 de agosto de 2005, quando goleou o Corinthians por 5 a 1, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro daquela temporada. O resultado até derrubou o técnico argentino Daniel Passarella do comando do arquirrival.

O placar obtido há dez anos seria suficiente hoje para dar ao São Paulo a vaga na final da Copa do Brasil contra Palmeiras ou Fluminense, que fazem a outra semifinal do torneio.

Não bastasse a dificuldade, o São Paulo ainda tem outros dois tabus para superar.

O primeiro é que já são 57 anos da última vitória por diferença de três gols do time tricolor contra o Santos na Vila Belmiro. Foi em 17 de novembro de 1957 por 6 a 2 pelo Paulista.

Naquela oportunidade, o feito foi engrandezido. Estavam presentes em campo pelo Santos Zito, Pepe, Pagão e Pelé, já um craque do futebol, apesar de ainda jovem.

O segundo tabu é a invencibilidade do time alvinegro na Vila Belmiro. Desde que Dorival Júnior assumiu, foram 11 jogos no Brasileiro com 11 vitórias, mas dois jogos e duas vitórias pela Copa do Brasil, somando 13 partidas sem derrotas em Santos.

"Não esperava um revés como esse [3 a 1 para o Santos], mas temos de buscar forças e não vamos desistir. Vamos mobilizar os atletas para reverter essa história. Tivemos superioridade durante a partida e é um parâmetro para acreditar", disse o técnico Doriva, após o jogo no Morumbi.

Doriva: 'Nós não vamos desistir'
Ceni: 'Tivemos 10min de bobeira no 2º tempo; poderia ter sido 5 a 3'
Para Pato, São Paulo 'deu muito mole' contra o Santos

Clique aqui e veja a programação completa dos canais ESPN

Comentários

São Paulo não vence clássico fora por 3 gols há dez anos; último contra Santos teve Pelé

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.