Volante saiu de graça do Bahia, assinou com time inexpressivo e uma semana depois foi para o São Paulo

Antônio Strini e Paulo Cobos, do ESPN.com.br
Reprodução - Facebook
José Artur e Banguelê antes de jogo do São Paulo sub-20 pelo Paulistão
José Artur e Banguelê antes de jogo do São Paulo sub-20 pelo Paulistão

O zagueiro Iago Maidana, que aguçou a crise do clube, não é o único negócio inusitado que a diretoria do São Paulo fez recentemente.

O clube do Morumbi pagou R$ 2 milhões por 60% dos direitos federativos por Maidana, dias depois que investidores gastaram R$ 400 mil para tirá-lo do Criciúma e o registarem em um time inexpressivo do interior de Goiás (Monte Cristo, da terceira divisão), onde nem jogou.

O novo caso é o do volante José Artur, de 19 anos, que já atua pelo time sub-20 são-paulino. O roteiro de sua negociação, mesmo sem valores tão altos, tem semelhanças com a do defensor, como mostra o BID, o documento da CBF que comprova as movimentações dos jogadores no país. 

Em 9 de julho passado, aparece a rescisão do volante com o Bahia, onde se projetou. Seu registro na CBF tem o número de 367141. Cerca de três semanas depois, exatamente no dia 3 de agosto, ele teve contrato registrado com o modesto Juventus de Jaraguá do Sul, de Santa Catarina, com validade até julho de 2018.

Não deu nem tempo de esquentar. Uma semana depois, José Artur, sem ter jogado pelo Juventus - que está em recesso -, aparece no BID como emprestado ao São Paulo, com contrato válido entre 1º de agosto até 31 de julho de 2016.

Segundo o Bahia, José Artur era reserva da equipe sub-20 e pediu para sair. A comissão técnica deu parecer favorável para a rescisão amigável de contrato, sem qualquer custo. Ou seja: ele já poderia ser em definitivo do São Paulo, e sem custo algum.

O time catarinense é administrado por uma empresa, a I9 Football, que foi contatada pela reportagem do ESPN.com.br. O diretor executivo de futebol do Juventus-SC, Paulo Matos, explicou como aconteceu a aquisição do meio-campista.

"Antes de deixar o Bahia, o Juventus já tinha mapeado e feito um banco de dados sobre José Artur. Então, ele terminou o contrato com o Bahia, e nós o contratamos. Posteriormente, o emprestamos ao São Paulo, que também estava mapeando o jogador", afirmou.

O atleta não disputou partidas pela equipe catarinense, pois, segundo o dirigente, "o time não conseguiu subir para a primeira divisão, e aqui não tem Copinha no segundo semestre. O clube está em recesso. Só volta em janeiro". Matos não quis falar sobre valores da transação com o São Paulo.

Por meio de sua assessoria, o São Paulo diz que jogador foi emprestado sem custo, com o clube ficando com uma opção de compra definitiva. O clube não revela quanto irá precisar pagar caso José Artur tenha desempenho aprovado.

E que ele foi oferecido ao clube já quando estava no Juventus.

De acordo com a agremiação do Morumbi, a transação foi tocada por Júnior Chávare, antigo coordenador da base do clube e responsável também pela transação de Maidana. E que esse tipo de transação seria uma prática comum no futebol brasileiro atualmente.

A assessoria de Chávare diz que ele fez apenas a indicação técnica de Maidana, e não teve participação no negócio.

Veja abaixo o passo a passo da situação do volante

Reprodução - BID/CBF
Em 9 de julho, a rescisão do contrato de José Artur com o Bahia foi confirmada
Em 9 de julho, a rescisão do contrato de José Artur com o Bahia foi confirmada
Reprodução - BID/CBF
Em 3 de agosto, o volante foi registrado pelo Juventus-SC com vínculo de três anos
Em 3 de agosto, o volante foi registrado pelo Juventus-SC com vínculo de três anos
Reprodução - BID/CBF
Sete dias depois, o São Paulo confirmou o empréstimo do meio-campista por um ano
Sete dias depois, o São Paulo confirmou o empréstimo do meio-campista por um ano
Comentários

Volante saiu de graça do Bahia, assinou com time inexpressivo e uma semana depois foi para o São Paulo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.