Jornal coloca corintiano, gremista e vascaíno entre os 50 mais promissores do mundo

ESPN.com.br
ESPN.com.br
Lincoln, Evander e Matheus Pereira estão entre as maiores promessas do mundo
Lincoln, Evander e Matheus Pereira estão entre as maiores promessas do mundo

Atenção vascaínos, gremistas e corintianos: cada um de vocês tem no time um jogador que está entre os 50 mais promissores do mundo. Ao menos na avaliação do jornal inglês The Guardian.

A famosa publicação inglesa divulgou nesta quarta-feira sua lista de jogadores jovens que merecem a atenção e incluiu o meia Matheus Pereira, do Corinthians, e os atacantes Evander, do Vasco, e Lincoln, do Grêmio.

Aos 17 anos, Matheus Pereira era conhecido nas categorias de base como Pirulão e bem mesmo sendo tratado como uma grande aposta do Corinthians. Tite o trata com muito carinho e já o colocou em duas partidas: nos minutos finais da vitória sobre o Cruzeiro e depois como titular na derrota para o Santos, na Copa do Brasil.

"Os brasileiros têm um caso de amor com canhotos que podem orquestrar o jogo, como Rivellino, Gerson e Alex, e têm guardado certa tristeza por não ter alguém com esse perfil no momento. Porém, há uma esperança em Matheus Pereira. Ele foi escolhido como melhor jogador em um torneio internacional sub-17 na Espanha, em junho. Ele claramente é um meia talentoso, porém há uma desconfiança se tornará um craque ou apenas um bom atleta, assim como Paulo Henrique Ganso, que atuou com Neymar no Santos, mas nunca atingiu o mesmo patamar do seu mais ilustre parceiro", descreve o jornal The Guardian.

Também com 17, Evander ainda não teve chances como profissional do Vasco. No começo do ano, chegou até a treinar com o time de cima, mas não teve chances de atuar. Mas as boas atuações na base já o fazem despertar interesse de gigantes. Segundo o jornal Mundo Deportivo, ele é acompanhado de perto por ninguém menos que o Barcelona.

"Evander Ferreira ainda é um jogador da base do Vasco e nunca treinou com os profissionais, mas já é tratado como um famoso. Recentemente, a mídia espanhola noticiou que Barcelona está monitorando cada movimento para que ele possa seguir os passos de Neymar e se transferir para o clube catalão. Assim como muitos outros brasileiros, suas primeiras jogadas foram no futsal, onde ele desenvolveu boa técnica e noção de espaço. Evander terminou o último ano como artilheiro da seleção brasileira sub-17, com 26 gols no total. Seu próximo objetivo é uma boa atuação no Mundial sub-17, que pode ajuda-lo a conquistar uma vaga no time principal vascaíno", descreve o The Guardian.

Lincoln é o mais novo da lista e tem apenas 16 anos. É, também, quem teve mais chances entre os profissionais. No começo do ano, com o Grêmio ainda desfigurado e com Luiz Felipe Scolari dando chances a vários jovens, chegou até a ser titular da equipe. Na Copa do Brasil, diante do Campinense, até marcou seu primeiro e único gol da carreira até aqui. Com Roger Machado e mais atletas contratados, porém, acabou perdendo espaço. Mas segue chamando a atenção.

"Luiz Felipe Scolari ficou claramente impressionado. ‘Quantos anos ele tem?', ele perguntou assim que viu Lincoln pela primeira vez, para após acrescentar que "ele é um diamante negro (apelido popular no Brasil e que tem como grande expoente o lendário Leônidas da Silva)". Lincoln tem evoluído ano após ano, prosperando no clube que deu ao mundo Ronaldinho e Anderson. O Manchester United já teria feito uma sondagem ao jogador, que é rápido e difícil de parar, com um feroz pé esquerdo e forte mentalidade. Sua estreia profissional foi em fevereiro e ele está preparado para ser o capitão brasileiro no Mundial sub-17 do Chile, no próximo mês", diz o The Guardian.

Ao lado de Espanha e Holanda, o Brasil é o segundo país com mais jogadores na lista dos 50 jovens promissores - cada um tem três indicações. No topo da lista está a França, com quatro atletas. Destaque para o goleiro Luca Fernandez, de 17 anos, que atua pelo Real Madrid e tem como paiu ninguém menos que Zinedine Zidane.

Entre os herdeiros da bola também está Ianis Raggi, de 16 anos, e filho de Gheorge Hagi, o maior jogador da história da Romênia.

Destaque também para o mais famoso da lista: o norueguês Martin Odegaard, que chegou a causar uma ‘briga' entre os gigantes europeus pela sua contratação e até já estreou entre os profissionais do Real Madrid e da seleção da Noruega.

Comentários

Jornal coloca corintiano, gremista e vascaíno entre os 50 mais promissores do mundo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.