No segundo dia do Mundial de 'League of Legends', Brasil perde para a campeã norte-americana

Redação ESPN.com.br
Riot Games
ee
Com duas derrotas a paiN é a última colocada do Grupo A

Jogando novamente o último jogo do dia a paiN encarou a Campeã da LCS Norte América, Counter Logic Gaming, e sofreu sua segunda derrotada. Diferente de seu primeiro jogo, em conseguiu empolgar a torcida no inicio da partida, nossos representantes pareciam sempre atrás, principalmente nas movimentações entre rotas e selva por isso foram derrotados em uma partida morna de 30 minutos.

Analisando este confronto e o do primeiro dia, fica claro que o treinamento feito pela equipe na Europa rendeu frutos, principalmente na hora de escolher e banir os campeões do jogo. Nos dois confrontos a paiN teve escolhas muito boas de personagens, porém rotações e realizações seguras de jogadas continuam sendo um problema quando os adversários são equipes de grande nível internacional com vasta experiência em dominio de mapa.

Indo direito ao jogo, exatamente em um minuto a equipe brasileira foi pega em sua própria selva e, assim como ontem, tivemos dois abates contra um, mas dessa vez contra nossos representantes.

A vantagem de dois abates a um para o time norte-americano começou a crescer aos oito minutos quando Mylon foi pego pelo atirador Doublelift e o suporte Aphromoo. Um minuto depois a dupla já tinha levado a torre da rota inferior e estava na rota do meio abatendo Kami e destruindo a primeira torre da principal rota do jogo. Sempre se movimentando juntos e com uma bela sinergia com seus campeões, Tristana e Braum, a dupla da CLG liderava em ouro aos dez minutos e aos 11'16" foram os responsáveis por começar o primeiro dragão da partida.

A essa altura a diferença de dois mil e quatrocentos em ouro e a primeira aura do lagarto voador nas mãos dos adversários colocavam a paiN em uma situação desconfortável, principalmente pelas boas respostas de rotações que recebia. Estrategicamente a paiN não estava jogando mal, mas a CLG estava sempre um passo a frente e aos 13'24" aconteceu a segunda grande luta da partida, que terminou com três abates para a CLG, dois deles para o atirador Doublelift.

Aos quinze minutos de jogo, o atirador americano já estava muito à frente em itens com sua Tristana, o que adiantou muito o início do pico de poder de seu personagem que costuma acontecer aos 25 minutos.

Jogando com o livro de estratégia básica debaixo do braço a CLG rodou pelo mapa desde o inicio do jogo e cada abate era acompanhado da conquista e obliteração de torres, dragões, yordles pré-históricos e robôs assassinos. No fim, Doublelift terminou a partida com 10 abates, 10 assistências e nenhuma morte.

Com o resultado a equipe brasileira é a última do Grupo A, com duas derrotas, e agora só irá jogar no domingo as 14h contra a Flash Wolves. O Mundial de League of Legends está apenas começando e agora a equipe brasileira terá um dia de descanso para revisar suas estratégias e melhorar suas rotações principalmente no meio dos jogos.

Comentários

No segundo dia do Mundial de 'League of Legends', Brasil perde para a campeã norte-americana

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.