Lanterna do returno, Fluminense tem aproveitamento melhor com Ronaldinho

Caio Blois, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
Pedro Martins/Agif/Gazeta Press
Ronaldinho Fluminense Gremio Campeonato Brasileiro 01/08/2015
Desde que Ronaldinho chegou, aproveitamento é melhor com ele em campo 

O Fluminense segue em seu calvário no Campeonato Brasileiro. Após empolgar no começo da competição, brigando no G-4 e quase chegando à liderança, as oito derrotas nos últimos 11 jogos tiraram o time da luta pelo título e afastaram até da vaga na Libertadores. Sem vencer, o Flu é o "lanterna" do returno e o técnico Enderson Moreira balança no cargo. A chegada de Ronaldinho Gaúcho é apontada como o divisor de águas da campanha no Brasileirão. Mas com ele em campo, desde a sua chegada, o Tricolor tem aproveitamento melhor do que quando o craque está fora.

Desde que estreou, entretanto, o meia não foi o responsável direto pela queda. Com R10 em campo, o Flu venceu duas vezes em casa, contra Grêmio e Figueirense, e perdeu três, contra Avaí, Internacional e Atlético-MG. Se o retrospecto não é positivo, sem ele, é ainda pior: quatro derrotas e um empate (contra o Coritiba, no Couto Pereira).

O meia, antes em recuperação física e agora com uma virose, está fora desde a derrota para o Galo, quando após o jogo, tirou foto polêmica com os ex-companheiros no vestiário da equipe mineira. Ronaldinho pode voltar contra o Palmeiras, na quarta-feira, às 19h30, no Maracanã.

"Eu conto com todo o elenco. Estamos analisando, vendo quem vai se recuperar. Conto com todos os jogadores", disse Enderson.

Fluminense.com.br
Ronaldinho e Enderson Moreira em treino do Fluminense nesta sexta-feira
Ronaldinho e Enderson Moreira em treino do Fluminense nesta sexta-feira

Apenas a Chapecoense faz companhia ao clube das Laranjeiras como as únicas equipes sem vitória nas seis rodadas do segundo turno. O time catarinense, entretanto, empatou três vezes e somou mais pontos que o Tricolor.

Problemas de relacionamento e queda de produção

Outros jogadores, como Édson, Vinícius, Cícero e Henrique, foram barrados por Enderson Moreira. Os dois primeiros, por opção técnica, enquanto os últimos, por desgaste físico.

O volante que veio do ABC é um dos jogadores preferidos da torcida tricolor. Conhecido pela entrega, Édson é também um dos jogadores mais eficientes do time: sem o líder de roubadas de bola da equipe em campo, o índice de desarmes cai mais de 50% em média. Com nove gols pelo Fluminense, ele só perde para os atacantes desde que chegou ao clube.

Gazeta Press
Edson comemora um de seus gols: volante agora terá 50% de seus direitos vinculados ao Flu
Mesmo sendo o líder de desarmes do Fluminense, Edson foi barrado por Enderson

O caso de Cícero traz ainda mais dúvidas. Após estrear contra o Figueira, o meia fez três gols e deu duas assistências em oito jogos, sendo um dos principais jogadores da equipe. O jogador ficou de fora da viagem do Flu, segundo o clube, por problemas físicos. Apesar disso, sua saída suscita boatos, dada sua relação conturbada com lideranças do elenco. 

Nelson Perez/Fluminense
O técnico Enderson Moreira dá instruções ao time do Fluminense
O técnico Enderson Moreira balança no cargo no Fluminense

Desde que chegou, Enderson Moreira tem 11 vitórias, quatro empates e 10 derrotas, um aproveitamento de 49,3%, contando o Campeonato Brasileiro e os confrontos de oitavas de final da Copa do Brasil. O índice chegou a ser de 59% no fim do primeiro turno do Brasileirão e de 73% nos primeiros onze jogos à frente da equipe.

Assista ao gol da vitória por 1 a 0 do Sport sobre o Fluminense 
Comentários

Lanterna do returno, Fluminense tem aproveitamento melhor com Ronaldinho

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.