R$ 2,3 bi e responsável por aumento de 147% no lucro: o futebol para a indústria de games

ESPN.com.br
Getty Images
Fifa 2006 video game esports garoto jogando computador
Usuário testa versão do Fifa

A americana Electronic Arts e a japonesa Konami são as donas dos dois games mais populares de futebol, com o Fifa e o PES. Os dois, que estão perto do lançamento das edições 2016, buscam exclusividade e oferecem contratos para clubes, como o que o Flamengo irá anunciar nesta quarta-feira no Maracanã.

E essa disputa passa pela importância que os games de futebol têm no faturamento dessas duas empresas. Basta olha os últimos balanços divulgados por essas companhias.

De acordo com o documento da EA, referente ao último ano fiscal americano, o Fifa foi responsável por 15% de todas as receitas da empresa, que fica na Califórnia. Isso significa um faturamento de US$ 600 milhões anuais, ou cerca de R$ 2,3 bilhões.

Só a edição 2015 do Fifa já vendeu quase 16 milhões de cópias pelo mundo, o que o torna um produto global, ao contrário dos games de esportes americanos da EA, que vendem basicamente no mercado interno dos EUA.

A Konami não diz quanto o PES pesa no seu faturamento. Mas, no seu último balanço, o game foi apontado como o principal responsável pelo lucro da empresa ter crescido 147% no ano fiscal japonês encerrado em março, chegando ao equivalente a R$ 300 milhões. 

Comentários

R$ 2,3 bi e responsável por aumento de 147% no lucro: o futebol para a indústria de games

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.