Kaká indica, e cruzeirense Fábio entra na mira do Orlando City

Marcus Alves, do ESPN.com.br
Light Press/Cruzeiro/Washington Alves
Fábio durante treino do Cruzeiro na Toca da Raposa
Fábio durante treino do Cruzeiro na Toca da Raposa

O Cruzeiro tem até o próximo dia 4 de setembro para fazer valer a sua prioridade e assegurar a permanência do goleiro Fábio na Toca da Raposa II. A partir dessa data, o camisa 1 estará livre para assinar pré-contrato com qualquer outro clube. Uma das alternativas com que trabalha é a MLS (Major League Soccer): o seu nome foi indicado por Kaká ao Orlando City.

Até o momento, foram duas reuniões entre o seu estafe e a cúpula celeste.

Um dos empecilhos, o tempo de contrato em caso de renovação está praticamente sacramentado, faltando apenas que as partes cheguem a um acerto financeiro para a sua manutenção.

"Ajustamos o tempo de contrato, um pouquinho mais que o tempo de gestão do Gilvan (de Pinho Tavares), que seria de 29 meses, e estamos vendo para ser de 35 meses. Não seria, assim, nem na sua saída nem tampouco na entrada (do novo presidente). Quanto a isso, não existe problema. Agora, resta apenas aquela divergência, uma coisinha ali, outra aqui", revela João Sérgio ao ESPN.com.br.

"Nunca falei com o Alexandre (Mattos), do Palmeiras. Existe, sim, interesse dos Estados Unidos e do México, mas tudo a partir de janeiro", prossegue.

De acordo com o empresário, em virtude do momento conturbado do Cruzeiro na temporada, Fábio pediu para que fosse dada uma "seguradinha" nas conversas e ele pudesse, desse modo, se concentrar totalmente no clube.

Há mais de dez temporadas na Raposa, o atleta, que completará 35 anos no próximo mês, já teve a chance no passado de atuar fora do país: primeiro, em oferta do Osasuna recusada para seguir em Belo Horizonte; e depois em proposta do futebol russo negada por Gilvan Tavares.

Com o interesse do Orlando City, ele poderia encerrar a sua carreira no exterior.

"O Fábio não falou nada sobre ter conversado com o Kaká. Que nós tivemos sondagem dos Estados Unidos, sim, mas não posso dizer que diretamente do Kaká ou do time do Kaká. Só a partir do dia 4 de setembro, teremos liberdade para tratar, é quando a Fifa permite, mas o Fábio é sempre transparente, não admite nem que fale com ninguém agora", conclui João Sérgio.

O contrato de ídolo cruzeirense se encerra em abril do ano que vem.

Titular absoluto desde 2005, Fábio ultrapassou o meio-campista Zé Carlos (633 jogos) e tornou-se recentemente o jogador que mais atuou pelo clube celeste (645 partidas).

Assista aos gols da vitória por 4 a 0 do Seattle Sounders sobre o Orlando City
Comentários

Kaká indica, e cruzeirense Fábio entra na mira do Orlando City

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.