São Paulo bane sócio-torcedora crítica a Aidar por conduta 'anti-são-paulina'

Henrique Munhos, do ESPN.com.br
Divulgacao
Fátima Martini era sócio-torcedora desde 2011
Fátima Martini era sócio-torcedora desde 2011

Fátima Martini, 29 anos, é sócio-torcedora do São Paulo desde... Ou melhor, era. Nesta terça-feira, ela foi informada pelo clube que havia sido banida do programa por ‘conduta anti-sãopaulina'. Contrária a diversas atitudes da gestão do presidente Carlos Miguel Aidar, a torcedora postava alguns comentários de rejeição ao mandatário no Twitter.

"Eu critico a gestão do Aidar em quase tudo pois para mim ele tem pouquíssimos acertos. Punir o direito do torcedor por ele dar opiniões é ridículo", afirmou a funcionária pública, que começou a ir atrás do problema após não conseguir comprar ingresso para o jogo contra o Cruzeiro, realizado no dia 26 de julho.

Em contato com a reportagem do ESPN.com.br, Douglas Schwartzmann, vice-presidente de comunicações e marketing do São Paulo, confirmou o caso. Além da questão disciplinar, contudo, o dirigente alega que Fátima não pagava a mensalidade há dois meses.

Em documento enviado pela sócio-torcedora à reportagem, contudo, consta apenas o não pagamento de uma mensalidade, que Fátima alega não ter pago por estar bloqueada no sistema online do programa. No chat online com o clube (registrado abaixo), a torcedora recebe a resposta que seu banimento ocorreu apenas pela conduta anti-sãopaulina.

No item do regulamento inferido pela torcedora, o clube informa que "o torcedor deverá apresentar uma conduta condizente com a cordialidade, respeito e educação esperados de qualquer Torcedor, sendo proibida a prática de violência, agressão ou qualquer outra conduta ilícita, especialmente na utilização das Vantagens do Programa;

"Temos mais de 70 mil sócios, passamos Santos, Cruzeiro e Flamengo, e você vem me falar sobre o caso de apenas uma torcedora? E os outros todos que estão contentes?", indagou Schwartzmann.

"Só quero que eles provem o que falei de violência e agressão, que são os itens na cláusula do meu bloqueio", finalizou a torcedora.

Reprodução
Documento que o São Paulo avisa sobre o motivo do banimento da torcedora
Documento que o São Paulo avisa sobre o motivo do banimento da torcedora
Reprodução
Extrato mostra que torcedora tem apenas um mês de inadimplência
Extrato mostra que torcedora tem apenas um mês de inadimplência
Comentários

São Paulo bane sócio-torcedora crítica a Aidar por conduta 'anti-são-paulina'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.