Toque de Uendel irrita são-paulinos: 'Se fosse a favor deles, seria pênalti'

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Marcello Zambrana/Agif/Gazeta Press
Bruno reclamou de pênalti de Uendel
Bruno reclamou de pênalti de Uendel

Como tem se tornado rotina nos clássicos brasileiros, o empate em 1 a 1 entre São Paulo e Corinthians também foi pautado por uma boa dose de polêmica. O São Paulo reclama de um toque de mão do corintiano Uendel dentro da área no último minuto da partida - lance não notado pelo árbitro Leandro Vuaden e pelos auxiliares Guilherme Dias Camilo e Alex Ribeiro.

"A minha reação sobre o pênalti foi a mesmo dos atletas. Todos reclamaram e eu penso que foi pênalti", afirmou o técnico Juan Carlos Osorio em entrevista coletiva realizada após o apito final. Vale destacar, no entanto, que a arbitragem expulsou o zagueiro Felipe, do Corinthians, por falta cometida em Centurión.

"Foi muito pênalti. O jogador deles desviou a bola com a mão. (...) Se fosse a favor deles lá em Itaquera, seria pênalti, sem dúvida. Mas temos coisas boas para falar sobre o jogo, como a nossa postura ofensiva. Criamos boas jogadas e merecíamos um resultado melhor", comentou o lateral Bruno.

"Eu não estava próximo do lance, mas achei na hora que foi pênalti. Infelizmente, a arbitragem não marcou", disse o meia Michel Bastos, em sintonia com Ganso.

"Eu acho que o árbitro estava longe na hora e não conseguiu ver, mas o bandeira poderia ter dado o pênalti", confirmou o camisa 10 já na saída do estádio.

Comentários

Toque de Uendel irrita são-paulinos: 'Se fosse a favor deles, seria pênalti'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.