Palmeiras bate seu recorde de público no Brasileiro em derrota para Atlético-PR

ESPN.com.br com Gazeta Press
Gazeta Press
Palmeiras 0 x 1 Atlético-PR teve 38.794 pagantes
Palmeiras 0 x 1 Atlético-PR teve 38.794 pagantes

O Palmeiras estabeleceu na manhã deste domingo seu novo recorde de público em casa no Campeonato Brasileiro. A derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR teve a presença de 38.794 pagantes no Allianz Parque. Mesmo com o fim da série de sete jogos sem derrotas, o time dirigido por Marcelo Oliveira foi aplaudido pela maior parte dos presentes ao término do confronto.

O recorde anterior do clube paulista em seu novo estádio neste Nacional era o da vitória por 1 a 0 no clássico contra o Santos, no dia 19 de julho, pela 14ª rodada. Já para a partida diante do Atlético-PR, o Palmeiras anunciou na manhã de quinta-feira que os ingressos estavam esgotados para o público geral. Os bilhetes nem chegaram a ser colocados para comercialização em guichês, pois foram todos vendidos pela internet.

Mesmo assim, o clube não atingiu seu melhor número geral no novo estádio, que continua sendo o da primeira partida da final do Campeonato Paulista, quando 39.479 pagantes assistiram à vitória por 1 a 0 sobre o Santos.

Os torcedores presentes neste domingo ainda resultaram para os cofres do clube a renda de R$ 3.325.090,00. A maior arrecadação alviverde foi na abertura do Allianz Parque, com R$ 4.915.885,00. Porém, o jogo que detém o recorde de valor no novo estádio é o triunfo por 2 a 0 do Brasil em amistoso contra o México, com R$ 6.737.030,00. Palmeiras teve seu maior público no Brasileiro, mas não na história do novo estádio.

M. Oliveira vê Palmeiras mal tecnicamente e desabafa: 'Não jogamos bem'
Comentários

Palmeiras bate seu recorde de público no Brasileiro em derrota para Atlético-PR

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.