Enderson explica Ronaldinho adiantado e prevê: 'Vai ser decisivo em muitos jogos'

Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
GazetaPress
Ronaldinho e Marcos Júnior comemoram o gol da vitória tricolor no Maracanã
Ronaldinho e Marcos Júnior comemoram o gol da vitória tricolor no Maracanã

A estreia de Ronaldinho Gaúcho no Fluminense pode não ter sido espetacular, mas foi importante. Com um lançamento, o camisa dez deu início à jogada do gol marcado por Marcos Júnior, apesar de ter sido discreto na maior parte do tempo. Após a vitória sobre o Grêmio por 1 a 0, neste sábado, o técnico Enderson Moreira elogiou o craque e "apostou" que ele ainda vai crescer muito de produção nas próximas partidas.

"Não vou ficar dando nota para um jogador como o Ronaldo, mas ele é um jogador que veio para agregar muito, dá estabilidade, tranquilidade ao time. Ele teve a sabedoria de aproveitar bem os momentos que teve. É muito pouco tempo para ele entrosar com os atletas, saber o posicionamento dele. Mas é um jogador fora de série, treinou um período curto, e acho que o empenho dele foi notório, a dedicação para poder ajudar a equipe. A partir do momento que conhecer melhor os companheiros, vai evoluir. É importante tirar a ansiedade dos mais jovens também, que querem passar a bola para ele. Tenho certeza que o Ronaldo vai ser decisivo em muitos jogos ainda", analisou o comandante tricolor.

Sem contar com o centroavante Fred, que está machucado, Ronaldinho Gaúcho jogou mais adiantado no ataque neste sábado e teve dificuldades no primeiro tempo, errando muitos passes. Na segunda etapa, com a expulsão do zagueiro gremista Walace e a entrada do atacante Wellington Paulista no Flu, o camisa dez pôde voltar um pouco mais para buscar a bola. Depois do jogo, Enderson Moreira explicou o posicionamento do craque de 35 anos.

"Nossa ideia no início era que ele fosse um falso nove. A gente tinha a expectativa de como ele iria se comportar, porque a função de meia exige muito do atleta. Então, deixei outros jogadores vindo de trás, para que ele pudesse flutuar lá na frente. Acho que o problema no prmeiro tempo não foi o posicionamento do Ronaldo, o que aconteceu é que não houve a aproximação dos meias, então a gente não conseguia trocar passes. No segundo tempo melhorou, e quando eles tiveram um jogador expulso, nós fizemos a opção de colocar mais um jogador na frente (Wellington Paulista), e o Ronaldinho pôde buscar mais o jogo", analisou Enderson.

Com a vitória no Maracanã, O Fluminense subiur provisoriamente para a terceira posição do Campeonato Brasileiro, agora com 30 pontos. No entanto, Palmeiras e Sport, que somam 28 pontos cada, ainda jogam pela 16ª rodada neste domingo e podem ultrapassar novamente o Flu. Enderson valorizou o resultado diante do Grêmio, equipe que também briga por um lugar no G-4.

"Acima de tudo, temos que valorizar o adversário, uma equipe muito bem montada, tem ótimos jogadores, o Luan é um dos melhores do Brasileiro. Acho que foi uma vitória de um time que buscou, tentou. No jogo anterior talvez a gente tenha jogado melhor, mas hoje era um confronto direto de duas equipes que estão brigando pelo pelo G-4, um jogo especial. A gente soube esperar o momento, criar a situação para sair com a vitória", disse o treinador.

O Tricolor carioca volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado, contra o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Para esta partida, Enderson ainda não sabe se poderá contar com o meia Gerson e com o atacante Osvaldo, que sentiram problemas musculares na coxa diante do Grêmio e serão reavaliados pelo departamento médico na segunda-feira.

Comentários

Enderson explica Ronaldinho adiantado e prevê: 'Vai ser decisivo em muitos jogos'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.