Corinthians deslancha no segundo tempo, afunda Vasco e segue caça ao Atlético-MG

ESPN.com.br
Veja os gols da vitória por 3 a 0 do Corinthians sobre o Vasco

Vasco em crise e vindo de uma goleada sofrida na última rodada diante do Palmeiras. O cenário era completamente favorável para o torcedor do Corinthians, que ignorou o frio e foi a Itaquera na noite desta quarta-feira na esperança de um placar elástico. E foi o que aconteceu. Apesar de sofrer um pouco com a retranca no primeiro tempo, o time paulista deslanchou na etapa final e venceu o rival carioca por 3 a 0, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Independentemente da elasticidade do placar, o Corinthians se consolida como principal perseguidor ao Atlético-MG. A liderança só não veio por conta da vitória da equipe mineira sobre o São Paulo, também na noite desta quarta-feira. Com 33 pontos, os corintianos estão a apenas dois do primeiro colocado.

Já o Vasco segue em situação nada fácil.  Em 18º, com 12 pontos, a equipe comandada por Celso Roth permanece na zona de rebaixamento. 

O Corinthians tenta assumir a primeira colocação no outro domingo (9), no clássico contra o São Paulo, no Morumbi. Na mesma data, o Vasco faz um duelo direto na briga contra o rebaixamento diante do Joinville.

O jogo

A empolgação da torcida corintiana era visível antes da bola rolar. E a fase do Vasco reforçava a ansiedade. Só que tudo mudou quando o juiz autorizou o começo do jogo. O time carioca apostou em uma marcação mais forte, em busca de sufocar os paulistas. Até funcionou, mas abriu alguns espaços que quase custaram caro.

A melhor chance do Corinthians veio em uma tabela rápida, aproveitando a desorganização defensiva vascaína. Em boa jogada, a bola sobrou para Vagner Love. O atacante bateu firme, e o goleiro Jordi fez grande defesa.

Um pouco cansado com a marcação desde a saída de bola corintiana, o Vasco recuou e fez uma espécie de retranca no meio de campo, evitando as tabelas rápidas dos donos da casa. O resultado foi positivo e o que se viu foi um Corinthians com pouca criatividade, preso na tática dos cariocas.

Se anularam o jogo dos rivais, os vascaínos também não criaram. O goleiro Valter não teve trabalho algum nos primeiros 45 minutos.

Tudo mudou na etapa final. Tite tirou Vagner Love para a entrada de Luciano e apostou em Edilson para o lugar de Fágner. Assim, os paulistas passaram a atuar sem referência no ataque e mais pelos lados.

Muito mais velozes, os corintianos destruíram a retranca vascaína logo no primeiro minuto. Após linda jogada de Elias na entrada da área, a bola sobrou para Renato Augusto, que bateu firme e contou com um leve desvio da zaga para abrir o placar.

Precisando se recuperar na competição, o Vasco buscou mais o ataque e incomodou mais do que no primeiro tempo.

Só que qualquer chance de reação carioca terminou pouco tempo depois, e com um golaço. Gil pegou a sobra após confusão na área e bateu por cobertura, sem a menor chance para Jordi.

A melhora do Corinthians sem centroavante fixo foi comprovada no terceiro gol. Luciano recebeu e passou rápido para Malcom. O garoto pisou de primeira para Elias, que bateu cruzado e fechou o placar: 3 a 0.

Apesar da vitória, Tite diz: 'Processo ofensivo da equipe não está pronto'


FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 3 X 0 VASCO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 29 de julho de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Público: 30.769 espectadores (30.340 pagantes)
Renda: R$ 1.608.159,76
Cartões amarelos: Serginho, Luan e Christiano (Vasco)
Gols: Renato Augusto, a um minuto do segundo tempo, Gil, aos 15 minutos do segundo tempo, e Elias, aos 31 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Walter; Fagner (Edílson), Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique (Ralf); Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love (Luciano)
Técnico: Tite

VASCO: Jordi; Jean Patrick, Luan, Rodrigo e Christianno; Anderson Salles, Guiñazu, Serginho (Andrezinho) e Jhon Cley; Riascos (Thalles) e Herrera (Emanuel Biancucchi)
Técnico: Celso Roth

Roth: 'Quando estamos num mau momento é complicado, tudo funciona ao contrário'
Comentários

Corinthians deslancha no segundo tempo, afunda Vasco e segue caça ao Atlético-MG

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.