Mano 'descarta' o Santos, e Dorival Júnior vira o favorito para assumir

Diego Garcia, do ESPN.com.br
Getty
Dorival Júnior deve ser oficializado como novo técnico do Santos
Dorival Júnior deve ser oficializado como novo técnico do Santos

O Santos tem um favorito para assumir como novo treinador. Dorival Júnior, que comandou a equipe em 2010, deve se reunir com o clube nesta quinta-feira, podendo selar o acordo que o trará de volta à Vila Belmiro. O técnico virou o preferido após a "recusa" de Mano Menezes.

Conforme apurou o ESPN.com.br, o Santos procurou um intermediário de Mano para convidá-lo a dirigir o clube, mas foi avisado que o treinador está em Fátima, Portugal, fazendo um curso da Uefa, e dificilmente voltaria ao Brasil neste momento. O clube entendeu como a segunda negativa do técnico à equipe praiana em 2015, já que ele também tinha sido sondado há alguns meses.

Com isso, o Santos agora quer que Dorival assine um vínculo de dois anos de duração, com salários que devem rondar a casa dos R$ 200 mil. Marcelo Fernandes recebia bem menos do que isso, na casa dos R$ 25 mil. Doriva, que antes era tratado como favorito, agora virou o plano B da equipe alvinegra.

Dorival está sem trabalhar desde que deixou o Palmeiras, no ano passado, após livrar o time do rebaixamento à Série B. Ele foi procurado pelo Santos no começo da temporada, mas as conversas não avançaram e o clube preferiu efetivar Marcelo Fernandes.

O ex-interino acabou conquistando o título do Campeonato Paulista e ganhou o apoio do elenco, mas após um início ruim no Brasileiro começou a sofrer pressão. A queda da equipe à zona de rebaixamento, depois de 11 rodadas, deixou o clima no Santos ruim.

Nesta quarta, Marcelo Fernandes ainda dirige o time diante do Goiás, e após a partida deve voltar ao cargo que ocupava anteriormente, o de auxiliar técnico, isso se um novo técnico for confirmado nesta quinta.

Oficialmente, as partes ainda negam as conversas. Em contato com o ESPN.com.br, tanto Dorival Júnior quanto o presidente Modesto Roma afirmam que não existe qualquer negociação em andamento.