Antes de treino, Michel Bastos e Centurión se desculpam com Osorio

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Gazeta Press
São Paulo treino Centurion Osorio
O argentino Centurión pediu perdão por desabafo em rede social

Os primeiros 20 minutos da reapresentação do São Paulo nesta segunda-feira, dia seguinte ao empate com o Fluminense, foram utilizados para uma conversa entre Juan Carlos Osorio e o elenco. As reclamações públicas de Michel Bastos e Ricky Centurión foram um dos temas da conversa. Ambos teriam se desculpado com o treinador.

Durante a partida no Morumbi, o meia não gostou de ter sido tirado de campo no segundo tempo. "Filho da p… do c…", esbravejou, antes de dar lugar justamente a Centurión. Horas depois, seu substituto também se queixou. "Entrando do banco para jogar 10 minutos, nem o melhor jogador do mundo poderia fazer mágica", escreveu, no Twitter.

O argentino, na realidade, entrou em campo aos 22 minutos da etapa final, que teve ainda mais cinco minutos de acréscimo. Deu velocidade ao time, mas desperdiçou oportunidades de tirar o zero do placar do Morumbi. Diante da repercussão da reclamação, acabou apagando a frase.

Já Michel Bastos se defendeu dizendo que a irritação havia sido consigo próprio, embora admitiu não ter gostado da substituição. "Mas nada contra o treinador, bem pelo contrário. O Osorio, desde que chegou, tem me dado confiança, conversado bastante comigo, tem me dado liberdade. Nada contra ele. Só o fato de sair que me deixa chateado", desconversou.

Juca, sobre Osorio: 'Não gosto dessa coisa de escrever durante o jogo'

Segundo Thiago Mendes, jogador escolhido pelo clube para conceder entrevista nesta segunda-feira, os dois colegas se mostraram arrependidos pelos episódios. "Já está esclarecido, já conversamos no campo. O Michel sabe que errou, então pediu desculpa diante do grupo. Tanto ele quanto o Centurión. Ficou resolvido. A gente tem que esquecer o mais rápido possível. Isso não pode afetar o grupo dentro de campo", falou o volante.

Encerrada a conversa, os titulares - exceto o zagueiro Edson Silva, substituído no começo do segundo tempo - deixaram o campo rumo ao interior do CT da Barra Funda, enquanto os suplentes trabalharam com bola sob comando enérgico de Osorio.

O empate por 0 a 0 com o Fluminense fez o São Paulo cair da sétima para a oitava colocação do Campeonato Brasileiro. A distância para a liderança, no entanto, segue em cinco pontos. Sem vencer há quatro rodadas, a equipe busca recuperação na quarta-feira, em duelo com o Vasco, em Brasília.

Thiago Mendes minimiza reclamações de Michel Bastos e Centurión
Comentários

Antes de treino, Michel Bastos e Centurión se desculpam com Osorio

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.