'Aprovação da MP do futebol vai ser o 7 a 2', diz presidente do Flamengo

Camila Mattoso, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Em reunião, Presidentes de Fla e Atlético-PR fazem apelo pela aprovação da MP

Em semana decisiva da Medida Provisória 671, a MP do Futebol, Flamengo e Atlético-PR decidiram de manifestar sobre o tema, fazendo um apelo ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, para que o texto seja enfim colocado para votação nesta terça-feira. O Bom Senso também participou da coletiva de imprensa, nesta segunda-feira, em São Paulo.

O relatório final ainda conta com divergências, especialmente com a bancada da bola, com um ponto que fala sobre os processos eleitorais das federações. Por conta disso, ainda há dúvida sobre se a medida será levada para o plenário.

Segundo o presidente Eduardo Bandeira de Mello, aprovar a MP seria um pequeno passo, mais importante, como se fosse o 7 a 2, em referência à eliminação para a Alemanha, na Copa do Mundo, há um ano, com o placar inesquecível de 7 a 1.

"O 7 a 1 é bastante emblemático, faz um ano. A MP é um ponto de partida, não resolve todos os problemas, mas é muito importante. Se isso acontecer, se conseguimos aprovar a MP, vamos dar um pequeno passo, será o 7 a 2, vamos dizer assim. Depois, conseguimos o 7 a 3, depois o 7 a 4, até conseguir empatar e virar esse jogol. Se não passar, será o 8 a 1, o 9 a 1, e aí por diante", disse o dirigente do Flamengo.

"A gente faz um apelo para que mesmo com divergências, o texto vá para votação. Tem que ir para votação. A gente confia no presidente da Câmara de que isso vai ser levado ao plenário. Ele nos disse que quer ajudar o futebol", completou o presidente Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético-PR.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), designou Jovair Arantes (PTB-GO), atual presidente do conselho do Atlético-GO e com relações estreitas com a CBF, parte da "bancada da bola", para ser o deputado responsável pelas tratativas de acordo com o relator Otávio Leite (PSDB-RJ) e os clubes.

Em entrevista ao ESPN.com.br, Arantes deixou claro que há pelo menos quatro pontos que precisam ser mudados dos quais ele não abre mão.

Comentários

'Aprovação da MP do futebol vai ser o 7 a 2', diz presidente do Flamengo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.