Futsal dos EUA mira Falcão, terá 'chefão' dos Mavs e ex-dirigente de time de Beckham

Henrique Munhos, do ESPN.com.br
Getty
Donnie Nelson é o general manager do Dallas Mavericks e será o investidor principal da PFL
Donnie Nelson é o general manager do Dallas Mavericks e será o investidor principal da PFL

Os Estados Unidos têm tudo para ser a casa do futsal a partir de novembro de 2016. Isso porque o país lançará sua liga de futsal profissional (PFL) e, desde já, conta com grandes nomes que trabalham no projeto.

O principal investidor do campeonato é Donnie Nelson, general manager do Dallas Mavericks, da NBA. "O futsal é um dos esportes que mais cresce no planeta. Tendo nascido em uma quadra de basquete o torna natural para mim. Sua natureza cheia de ação faz dele popular para torcedores e patrocinadores, além de ser endossado pelos principais jogadores de futebol do mundo", afirmou Nelson, que também trabalhou nas seleções de basquete da Lituânia, da China e dos Estados Unidos.

Se Nelson traz a experiência da NBA, Michael Hitchcock tem o ‘know-how' de ter trabalhado com o futebol. Antes desta empreitada na PFL, Hitchcock foi vice-presidente dos Los Angeles Galaxy, time que teve o astro inglês David Beckham, além de ter dirigido o FC Dallas e ter trabalhado na National Premier Soccer League.

"É incrível ser testemunha do crescimento do futsal nos últimos anos e por isso achamos que este é o momento ideal para lançarmos a Liga de Futsal Profissional dos Estados Unidos", declarou Hitchcock.

O conhecimento da modalidade ficará por conta de Kieth Tozer, técnico da seleção norte-americana há 17 anos. Tozer, que ganhou duas vezes o título da Concacaf, será o comissionário da competução.

Falcão é alvo para embaixador

Conforme revelado pelo ESPN.com.br há algumas semanas, os dirigentes da PFL já procuraram Falcão para que o astro brasileiro seja uma espécie de embaixador do torneio. Com contrato até o fim de 2016, o jogador vê com bons olhos esta possibilidade.

"Sei que vai existir, já fui procurado, e eles têm intenção que eu participe do projeto, usar minha imagem, que eu traga ideias. Sabemos que quando os Estados Unidos fazem as coisas, são bem feitas. Está muito cedo, mas quem sabe. Estarei com 39 anos (em 2017), teria mais dificuldade de atuar em alto nível...então ser embaixador de uma liga a princípio seria interessante. Vou entender mais em agosto," ressaltou Falcão.

Em agosto, o Brasil Kirin/Sorocaba e o São Paulo Futebol Clube participarão da Supercopa, torneio amistoso em Orlando, na Flórida, que contará também com dois times ainda não confirmados. Durante esse período, reuniões entre os gestores da nova liga e Falcão devem acontecer para tratar desse novo projeto

Getty
Falcão já foi procurado e pode ser o embaixador do torneio dentro de campo
Falcão já foi procurado e pode ser o embaixador do torneio dentro de campo
Comentários

Futsal dos EUA mira Falcão, terá 'chefão' dos Mavs e ex-dirigente de time de Beckham

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.