No Catar, ex-Vasco quer ser o 'novo Messi' de Xavi

Francisco De Laurentiis e Vladimir Bianchini, do ESPN.com.br
KARIM JAAFAR/AFP/GETTY IMAGES
Muriqui Comemora Gol Al Sadd Foolad Khuzestan AFC Champions 21/04/2015
Muriqui comemora gol pelo Al Sadd: atacante quer os passes açucarados de Xavi

Talvez a pessoa que esteja mais feliz com a chegada do meia Xavi Hernández ao Al Sadd, do Catar, seja o atacante Luiz Guilherme da Conceição Silva. Você não o conhece por esse nome, mas certamente vai se lembrar do Muriqui, ex-Vasco e Atlético-MG.

Atual camisa 9 do time catari, o jogador de 29 anos está ansioso para jogar pela primeira vez com o astro, ex-Barcelona e seleção espanhola, e garante que fará de tudo para que o veterano se sinta em casa no Oriente Médio.

"Será muito importante ter o Xavi aqui. É um cara que há pouco tempo eu via jogando a Champions League pela TV e agora estará ao meu lado! Dentro de campo, vai agregar muita qualidade ao time. Tomara que ele tenha uma adaptação muito rápida e iremos fazer de tudo para que isso aconteça", disse Muriqui, em entrevista ao ESPN.com.br.

Autor de 10 gols em 18 jogos na última temporada, o brasileiro ficou longe da artilharia da Qatar Stars League, que foi conquistada pelo congolês Dioko Kaluyituka (aquele mesmo, ex-Mazembe), com 25 tentos.

No entanto, Muriqui agora tem planos de se tornar um goleador implacável no Al Sadd. Para isso, já conta com os passes açucarados de Xavi, como o espanhol costumava fazer para craques como Messi, Neymar e Luis Suárez no Barça.

"Quero ser o novo Messi dele (risos). É brincadeira, claro, guardadas as devidas proporções não tem como comparar, pois são jogadores top do mundo, já fizeram muito sucesso, mas espero que ele possa me ajudar a contribuir com o time todo. Torço pra que ele me deixe na cara do gol muitas vezes, tenho certeza que ele vai dar um jeitinho nisso", sonha.

Já acostumado aos costumes e tradições do Catar, que é um país islâmico, Muriqui adverte Xavi que no começo o catalão irá estranhar algumas coisas. No entanto, em pouco tempo já estará habituado.

"Ele vai chegar no período do Ramadã, quando faz muito calor, e com certeza será uma dificuldade que ele terá. Nessa época, aliás, eles [os atletas muçulmanos] passam a madrugada acordados e dormem durante o dia, porque não podem comer. Mas acho que ele vai tirar tudo isso de letra", comentou o atacante.

Vice-campeão na última temporada, o Al Sadd volta a campo somente em agosto, já com Xavi pronto para jogar. A equipe vai disputar tanto o campeonato nacional do Catar quanto a a Liga dos Campeões da Ásia, grande objetivo do clube.

Relógio de grife na China

Antes de chegar ao futebol do Catar, Muriqui estava jogando no Guangzhou Evergrande, da China, clube do qual é ídolo e maior artilheiro da história. Tanto é que acabou chamando a atenção do Al Sadd e foi contratado por US$ 8 milhões (R$ 25 milhões) em julho do ano passado, em meio à temporada.

Athit Perawongmetha/Getty Images
Muriqui Comemora Gol Guangzhou Evergrande Muangthong AFC Champions 09/04/2013
Muriqui nos tempos de futebol chinês

Do Oriente, passou pelas mesmas dificuldades que os atletas brasileiros costumam passar, como o trânsito, a poluição, a língua e a culinária local. No entanto, diz só guardar boas lembranças da China, assim como um belo relógio que ganhou do técnico Marcelo Lippi, campeão do mundo com a Itália em 2006, que foi seu comandante no Guangzhou.

"Uma vez vi um relógio muito bonito no pulso dele e, só de curiosidade, perguntei a marca, sem compromisso nenhum. Ele respondeu que ganhou porque era patrocinado por uma marca durante a Copa de 2006. Ele queria muito vencer a Champions asiática e disse que, se a gente ganhasse, ele ia me dar o relógio. Só que eu fraturei a fíbula e perdemos a competição", lembra Muriqui.

No outra temporada, porém, deu tudo certo.

"No ano seguinte, nós ganhamos a Liga dos Campeões e fomos para o Mundial. Na final da Liga, após a gente vencer, eu estava no banco agradecendo a Deus e rezando. Ele veio, me abraçou e acabou me dando aquele relógio. É bonito demais (risos)"

Mohamed Farag/Anadolu Agency/Getty
Xavi Apresentação Al Sadd Catar 11/06/2015
Xavi é o reforço de peso do Al Sadd para a próxima temporada
Comentários

No Catar, ex-Vasco quer ser o 'novo Messi' de Xavi

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.