Parma declara falência oficialmente e terá que recomeçar nas ligas amadoras

ESPN.com.br
Getty
Parma foi tradicional nos anos 90 e 2000
Parma foi tradicional nos anos 90 e 2000

Um dos clubes mais icônicos da Itália na década de 1990 e 2000, o Parma, que terminou o Campeonato Italiano na última colocação na tabela de classificação, declarou oficialmente a segunda falência de sua história nesta segunda-feira.

A notícia era iminente, já que o clube vinha enfrentando sérios problemas financeiros e o prazo para que algum comprador fizesse uma proposta passou. Lenda do beisebol, Mike Piazza foi especulado como potencial comprador, mas anunciou que não faria uma proposta.

"Os administradores do Parma FC, Dr. Angelo Anedda e Dr. Alberto Guion, comunicaram que a partir das 14h de hoje, 22 de junho de 2015, nenhuma oferta foi recebida para comprar os direitos esportivos do clube", diz um comunicado da equipe italiana.

"Nas próximas horas, os administradores irão se encontrar com o comitê de gestão e o juiz Dr. Pietro Rogato para fazer os ajustes necessários para os procedimentos de falência", continua o comunicado.

Reprodução ESPN
Time que já teve Thuram, Cannavaro, Verón, Buffon e outros, Parma faliu
Parma já teve Thuram, Cannavaro, Verón, Buffon e outros

Dessa forma, uma nova entidade do Parma terá que recomeçar sua trajetória no futebol desde a Serie D italiana, o nível amador mais alto do futebol da "bota".

A primeira falência do Parma veio em 2004, após o rompimento da Parmalat, empresa que controlava o clube italiano.

O Parma ganhou 3 Copas da Itália (92, 99 e 2002), foi vice-campeão da Serie A em 97 e bicampeão da Copa da Uefa (95 e 99), além de ter tido jogadores como Crespo, Verón, Asprilla, Buffon, Cannavaro e os brasileiros Júnior, Alex, Adriano, Taffarel e Amoroso.

Comentários

Parma declara falência oficialmente e terá que recomeçar nas ligas amadoras

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.