Inoperante, Atlético-GO é derrotado pelo Luverdense no Serra Dourada

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Veja o gol da vitória por 1 a 0 do Luverdense-MT sobre o Atlético-GO

Sem vencer desde a estreia da Série B, na qual superou o Boa Esporte, o Atlético-GO teve mais uma atuação fraca na competição e acabou derrotado em casa. Na noite desta terça-feira, o time pouco fez em campo e foi superado por 1 a 0 pelo Luverdense. O resultado, que poderia ter sido mais elástico se não fossem as boas defesas do goleiro Márcio, foi garantido por golaço de Osman, aos 36 minutos da etapa complementar.

Com o novo revés na quinta rodada, o Atlético-GO permanece com apenas quatro pontos e ocupa a 15ª posição na tabela. A representação de Lucas do Rio Verde, por sua vez, chega a sete unidades somadas e sobe para a 10ª colocação.

Buscando a reabilitação na segunda divisão nacional, o Atlético-GO terá missão dura nesta sexta-feira, quando visita o Vitória no Barradão, a partir das 19h30 (de Brasília). O Luverdense, por sua vez, tenta encaixar boa sequência contra o Santa Cruz, no Passo das Emas, às 16h30 deste sábado.

O jogo

O ritmo dos primeiros minutos foi lento no Serra Dourada. Ambas as equipes se estudavam e trocavam muitos passes no meio-campo. Quando tentavam jogadas ofensivas, acabavam forçando e errando passes ou disparando cruzamentos imprecisos. Assim, a primeira finalização da partida aconteceu aos dez minutos, quando após contra-ataque do Luverdense construído pelo lado direito, Ciro optou pela jogada individual e finalizou para defesa tranquila de Márcio.

Na sequência, depois de mais 11 minutos de pouca criatividade e muito equilíbrio em Goiânia, Ciro finalizou novamente. O atacante aproveitou cruzamento de Paulinho, que fez boa jogada pela esquerda, se antecipou à zaga e bateu, mas acabou mandando direto para fora.

A melhor chance da primeira etapa, no entanto, saiu aos 32, quando Diego Rosa recebeu pelo lado esquerdo e disparou um belo chute, que tinha como o endereço o ângulo direito, mas Márcio voou e espalmou para salvar o Atlético. Os donos da casa responderam três minutos depois com Arthur, que aproveitou rebote da defesa em jogada de Pedro Bambu e tocou para o fundo do gol, mas nem pôde comemorar porque a arbitragem já marcava impedimento dele.

Mais agudo na primeira etapa, o Luverdense também foi o primeiro time a ameaçar a meta adversária após a volta dos vestiários. Aos sete minutos, Diego Rosa recebeu na ponta direita e rolou dentro da área para Ciro, que bateu de primeira e exigiu boa defesa do goleiro Márcio, que mostrou reflexo para deter o ataque visitante outra vez.

Assim como ocorreu na maior parte do primeiro tempo, o Atlético-GO seguiu errando muitos passes e, portanto, tendo dificuldades em ameaçar a meta adversária. O Luverdense, por sua vez, tinha os contra-ataques rápidos a seu favor e mantinha a defesa goiana em alerta. Por mais mobilidade no setor ofensivo, Marcelo Martelotte trocou Aílton por Ayrton aos 15 minutos.

O Atlético-GO teve uma tímida melhora na partida e, apesar de não criar boas chances, já tocava mais a bola no meio-campo e procurava espaços, mas tinha pouca criatividade para encontrá-los. Aos 25 minutos, entretanto, foi o Luverdense que voltou a ameaçar. Osman recebeu em boa posição e bateu colocado, forçando mais uma boa defesa de Márcio.

No fim do jogo, o clube pagou por sua inoperância ofensiva. Aos 37 minutos da etapa complementar, Osman recebeu na intermediária, ajeitou e bateu com firmeza e muita categoria para acertar o canto esquerdo da meta, superando Márcio e dando merecida vitória à equipe mato-grossense.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-GO 0 x 1 LUVERDENSE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO
Data: 2 de junho de 2015, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D'Alonso Ferreira-SC
Assistentes: Éder Alexandre-SC e Alex dos Santos-SC
Cartões amarelos: Rafinha (Atlético); Montoya, Diego Rosa (Luverdense)
GOL: LUVERDENSE: Osman, aos 36 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio, Éder Sciola (Murilo), Marcus Winícius, Rafael e Sidcley; Anderson Pedra, Pedro Bambu, Thiago Primão (Luiz Fernando) e Aílton (Ayrton); Rafinha e Arthur
Técnico: Marcelo Martelotte

LUVERDENSE: Edson Kolln, Diogo Silva, Everton, Montoya e Paulinho; Júlio Terceiro (Ticão), Ricardo, Deyvid Sacconi (Rafael Tavares), Osman (Michel Schmoller) e Diego Rosa; Ciro
Técnico: Júnior Rocha

Comentários

Inoperante, Atlético-GO é derrotado pelo Luverdense no Serra Dourada

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.